MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

A VIDA DE ORAÇÃO E O APOSTOLADO

Descubra a relação que existe entre a vida de oração e o apostolado e por que este é tão importante para a nossa espiritualidade.

Nesta aula do curso “Ensina-nos a Orar”, Padre Paulo explica-nos por que a vida de oração está intimamente ligada com o apostolado: Neste curso, em que nós estamos aprendendo a orar, é necessário agora, já na reta final, nós amarrarmos as coisas, deixar uma coisa bem clara. Já acenamos algumas vezes para esta realidade. Mas, precisamos explicar, com muita clareza e muita insistência, o que faz com que progridamos na vida espiritual e sejamos verdadeiramente santos.

O encontro de São Paulo com Jesus Cristo à caminho de Damasco.

Não é o tipo de oração que estamos vivendo, mas é o tipo de vida que temos que nos fará santos. Se estamos seguindo todos os conselhos dados até agora a respeito da vida espiritual, mas olhamos para a nossa vida e vemos que ela não está mudando, deve haver alguma coisa profundamente errada no nosso jeito de rezar. Provavelmente há alguma coisa que temos que reformular, porque a oração bem-feita necessariamente muda as nossas vidas.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

A VIRGEM DE GUADALUPE E A NOSSA VOCAÇÃO

Recordemos algumas palavras de São João Paulo II a respeito da nossa vocação e peçamos a Virgem de Guadalupe as graças necessárias para sermos fiéis.

Na festa de Nossa Senhora de Guadalupe, recordamos as palavras do Papa João Paulo II sobre a vocação de nosso Continente, na homilia de encerramento do Sínodo das Américas. As palavras do Santo Pontífice são particularmente importantes no atual contexto em que vivemos.

Recordemos algumas palavras de São João Paulo II a respeito da nossa vocação e peçamos a Virgem de Guadalupe as graças necessárias para sermos fiéis.

O milagre da imagem de Nossa Senhora de Guadalupe que aparece pintada na tilma de Juan Diego

Primeiramente somos levados a recordar quão foi importante a evangelização das Américas e quais os frutos que colhemos dessa missão em nossos dias. Num segundo momento, somos conscientizados da nossa alta vocação, não somente quanto à evangelização de nosso Continente, mas também quanto à fraternidade e à caridade. O Santo Padre também nos chamou à atenção a respeito da cultura de morte, o que nos faz lembrar a recente polêmica quanto ao aborto, descriminalizado pelo STF em um caso concreto. Ao final, somos chamados a rezar com João Paulo II a Virgem de Guadalupe, confiando e oferecendo a ela o futuro das Américas.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

IMACULADA CONCEIÇÃO DA BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA–08 de Dezembro

Que entendeis dizendo que Maria foi concebida sem pecado, ou, por outro modo, que vem a ser a sua conceição imaculada?

Entendo que, por um privilégio único, Maria foi concebida isenta da mácula do pecado original, da qual nascemos todos culpados, e que, desde o primeiro instante de sua existência, foi enriquecida com os tesouros das graça e adornada de todos os dons do Espírito Santo.

A conceição de Maria difere da dos outros homens sobretudo em dois pontos:

1) Foi a consequência de uma graça milagrosa concedida a seus piedosos pais, já velhos e naturalmente fora do período de terem filhos;

2) Foi perfeitamente pura e santa; por uma disposição especial da Providência e em vista do papel sublime que Maria devia desempenhar, esta santa Virgem foi isenta da mancha do pecado original.

A Imaculada Conceição - Bartolomé Esteban Murillo

A Imaculada Conceição – Bartolomé Esteban Murillo

Por que se chama a imaculada conceição de Maria um privilégio “único”?

Porque, entre todos os filhos de Adão, Maria foi a única que o recebeu.

Por causa da desobediência de Adão e Eva, todos os homens são concebidos e nascem com a mancha original. A fé nos ensina que só a bem-aventurada Virgem Maria foi preservada deste pecado e concebida numa santidade perfeita.

IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA: O QUE SIGNIFICA?

Em 1854, o Papa Pio IX definiu o dogma da Imaculada Conceição da Virgem Maria, através da bula Ineffabilis Deus. Dogma é uma verdade de FÉ.

As raízes dessa devoção se reportam ainda aos primeiros séculos da Cristandade. Já os Padres da Igreja do Oriente, de fato, ao exaltar a Mãe de Deus, usavam expressões que a colocavam acima do pecado original.

No entanto, qual é exatamente o significado desse dogma?

08 de dezembro, AImaculada Conceição

A Imaculada Conceição.png

Redação (Quinta-feira, 08-12-2016, Gaudium Press) A esta criatura dileta entre todas, superior a tudo quanto foi criado, e inferior somente à humanidade Santíssima de Nosso Senhor Jesus Cristo, Deus conferiu um privilégio incomparável, que é a Imaculada Conceição.

Vejamos o que sobre a Imaculada Conceição comentou o Monsenhor João Clá Dias em seu "Pequeno Ofício da Imaculada Conceição Comentado":

* * * * *

O vocabulário humano não é suficiente para exprimir a santidade de Nossa Senhora. Na ordem natural, os Santos e os Doutores A compararam ao sol. Mas se houvesse algum astro inconcebivelmente mais brilhante e mais glorioso do que o sol, é a esse que A comparariam. E acabariam por dizer que este astro daria d'Ela uma imagem pálida, defeituosa, insuficiente. Na ordem moral, afirmam que Ela transcendeu de muito todas as virtudes, não só de todos os varões e matronas insignes da Antiguidade, mas - o que é incomensuravelmente mais - de todos os Santos da Igreja Católica.

SIFNIFICADO DO OFÍCIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO

Ofício Imaculada Conceição

Conheça o significado das invocações a Virgem Maria no tradicional Ofício da Imaculada Conceição.
O Ofício da Imaculada Conceição é uma oração popular, que se tornou muito conhecida no Brasil, que tem simbologias e significados muito profundos, que nos remetem à fé mariana das origens da Igreja Católica. Sendo assim, vale muito à pena conhecer o Ofício e o significado de suas principais invocações, que nos faz voltar a mente e o coração às Sagradas Escrituras e à Tradição da Igreja.
Conheça o significado das invocações a Virgem Maria no tradicional Ofício da Imaculada Conceição.


sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

10 DICAS PARA CRIAR FILHOS AGRADECIDOS–EM VEZ DE RESMUNGÕES

Criar filhos mais felizes com base na gratidão é mais simples do que parece

O ser humano tende, naturalmente, a ser materialista e egoísta – e isto também inclui as crianças. No entanto, temos o livre arbítrio e a capacidade de nos remodelar: nessa tarefa da vida toda, a gratidão é uma base sólida e efetiva para sermos melhores – e felizes!

Como ensinar a gratidão às crianças? Dez dicas:

1) Surpreenda os seus filhos!

As surpresas ajudam as crianças a ver as coisas como um presente, não como um direito. Quando temos muitas opções, queremos sempre saber se não haveria alguma opção melhor. Exemplo: discussão sobre onde passar as férias: cada um tem uma ideia “melhor” que o outro e ninguém fica feliz com decisão nenhuma. Dê um fim a essa conversa. Cerca de uma semana depois, anuncie uma grande surpresa: “Vamos conhecer o parque nacional X!”. Mostre seu plano de camping no parque nacional e entusiasme-os! (Se você não gosta de camping nem do campo, troque por uma praia ou pelo destino que achar melhor para a sua família).

UMA MANEIRA SIMPLES DE ENSINAR SEU FILHO A NÃO INTERROMPER SUA CONVERSA

Uma dica ótima para educar com muito amor e carinho

Mãos

Todos os pais e mães (inclusive a gente!)  já passaram por uma situação dessas: você conversando com alguém e o filho reclama por atenção e quer que você pare a conversa para que ele seja atendido. É um clássico entrave na relação pais e filhos pequenos!

Pois encontramos uma solução citada neste artigo, do blog australiano An Everyday Story, que parece fazer todo o sentido. A técnica em questão foi aprendida pela autora do texto ao observar o comportamento de uma amiga com o filho.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

COMO DEUS GUIA O MUNDO E A MINHA VIDA?

Sim, mas de um modo misterioso. Deus conduz tudo ao seu aperfeiçoamento, por caminhos que só Ele conhece. O que Ele criou não cai um instante das Suas mãos. [302-305]

Deus atua tanto nos grandes fatos da História como nos mais pequenos acontecimentos da nossa vida pessoal; contudo, Ele não belisca a nossa liberdade, como se fôssemos marionetes dos Seus planos eternos. Em Deus <<vivemos, movemo-nos e existimos>> (At 17,28).

Deus está presente em todas as vicissitudes da nossa vida, mesmo nas ocorrências dolorosas e nos supostos acasos, aparentemente sem sentido. Deus também escreve direito pelas linhas tortas da nossa vida.

O que Ele nos tira e o que nos dá, as situações em que Ele nos fortalece e as circunstancias em que nos põe à prova… Tudo isto constitui ocasiões e sinais da Sua vontade.

Fonte: YOUCAT

Fonte: Editora Cléofas

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

QUATRO DESAFIOS NA EDUCAÇÃO DO FILHO ÚNICO

Condições só criança são diferentes daqueles das crianças que têm um ou mais irmãos, que não é "bom" ou "ruim", apenas que os pais têm outros desafios educacionais para conquistar.

Por várias razões, algumas famílias são compostas por pai, mãe e filho (a), e a estrutura familiar requer um esforço extra por parte dos pais, que consiste em fornecer o filho ferramentas necessárias para manter o seu estatuto de "single" ou ela desenvolvimento educacional, e, mais tarde, a fase adulta.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

10 DICAS PARA QUEM ESTÁ COM DEPRESSÃO

Vale a pena lutar com determinação e persistência

A seguir, serão listadas dez dicas básicas para aqueles que sofrem com a tão preocupante depressão. São dicas que com certeza devem fazer parte da vida de qualquer pessoa, independente do transtorno psicológico que ela está enfrentando.

Vale ressaltar que não existem regras nem fórmulas preparadas que garantam a melhora da depressão. De nada adiantam todas as dicas, remédios e terapias, se a pessoa não está verdadeiramente estimulada e preparada para vencer a doença. O processo é difícil, doloroso e muitas vezes, desanimador, por isso é de suma importância ter grande determinação e persistência.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O BISPO DE LOURDES RECONHECEU LOGO E OFICIALMENTE AS APARIÇOES A SANTA BERNADETTE

Mons Thibauld, bispo de Montpellier, foi dos primeiros a ficar convencido

Participando na onda das primeiras romarias a Lourdes se destacaram dois bispos em Lourdes.
Tratou-se de Mons. Cardon de Garsignies, bispo de Soissons e de Mons. Thibaud, bispo de Montpellier.
Os dois prelados ficaram convencidos pelo relato de Bernadette e comunicaram suas impressões ao diocesano Mons. Laurence, bispo de Tarbes, dentro de cuja diocese ficava Lourdes.
Hoje, posta a importância que ganhou o santuário a diocese foi renomeada para Tarbes-Lourdes e de fato o bispo tem sua residência na própria Lourdes.
Ouvindo os impressionantes e autorizados relatos, Mons. Laurence instituiu uma Comissão de Inquérito em 28 de julho do mesmo ano das aparições (1858).
Bernadette foi convocada a declarar diante dela a partir do mês de novembro desse ano.
Em dezembro de 1860, Bernadette foi chamada para um interrogatório solene. Dependendo dele, o bispo - que em matérias de visões e revelações tem a última palavra - iria emitir seu julgamento.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

A FELICIDADE: ONDE ENCONTRÁ-LA?

Redação - (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) Como a Eva Lavallière, o mundo procura fazer-nos crer que a felicidade se encontra no prestígio ou nos bens materiais, e não em Deus. A história desta rica e brilhante comediante francesa nos mostra ser isto um lamentável equívoco.
* * *
Na Paris da Belle Époque, para onde acorriam visitantes do mundo inteiro à procura da "felicidade" proporcionada pelos prazeres, uma jovem provinciana começou a despontar em 1891 como estrela de primeira grandeza no universo das artes cênicas: Eva Lavallière.

No auge da fama e da infelicidade

A felicidade onde encontrá-la

Comediante genial aos 25 anos de idade, favorecida por notável beleza e invejável voz, tornou-se logo uma das mais famosas atrizes da época. Magnatas das finanças, intelectuais de prestígio, altas personalidades da política e da nobreza não perdiam ocasião de vê-la e aplaudi-la nos palcos da Cidade Luz. Ricos admiradores e "amigos" despejavam sobre ela uma chuva de dinheiro e de valiosos presentes. Amealhou assim considerável fortuna. Chegou-se a dizer que ela "changeait de château comme de chapeau" - mudava de castelo como de chapéu.

Nada lhe faltava, pois, segundo os critérios humanos, para ser feliz: à sua disposição estavam todos os deleites, tanto os lícitos como os pecaminosos, que a então capital mundial do prazer podia proporcionar. E ela os sorvia a largos haustos.

A DOCILIDADE FAZ CRESCER O REINO DE DEUS, AFIRMA O PAPA

Resultado de imagem para papa casa santa marta

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) O Papa Francisco abriu sua homilia na Missa da Casa Santa Marta, na manhã desta ter-feira, lembrando que são Bem-aventurados aqueles que "caminham na Lei do Senhor".
Logo no início, Francisco mostrou que Lei não é somente para ser estudada, mas para se "caminhar nela", acrescentando ainda que a Lei "é para a vida, é para ajudar a fazer o Reino, a fazer a vida".

Hoje, afirmou Francisco, o Senhor "nos diz que também o Reino está em caminho".

A ORIGEM DO ROSÁRIO DE NOSSA SENHORA

Conheça a origem do Rosário de Nossa Senhora e a sua importância na história da Igreja Católica.

Até nossos dias, não há uma unanimidade a respeito da origem do Rosário de Nossa Senhora. Em primeiro lugar, a dificuldade está em definir a origem do Santo Rosário num momento exato da História da Igreja. Pois, da mesma forma que os livros que compõe as Sagradas Escrituras foram definidos num processo que levou séculos, o Rosário também demorou séculos para adquirir a forma que tem hoje.

Conheça a origem do Rosário de Nossa Senhora e a sua importância na história da Igreja Católica.O Mistério da Anunciação do Anjo a Virgem Maria

Na origem do Santo Rosário temos as disposições da Providência de Deus e, ao mesmo tempo, a ação de pessoas humanas, inspiradas pelo Espírito Santo. O Rosário nasce desse admirável intercâmbio entre Deus e a humanidade. Desse modo, a divina Providência dispôs da oração do Rosário conforme as necessidades de cada época na história da salvação dos homens.

PAPA PEDE PARA AMAR A ORAÇÃO DO ROSÁRIO PORQUE CONSOLA A MENTE E O CORAÇÃO

orandopapaterçoO site ACI Digital publicou hoje (26/10/2016) a seguinte notícia:

“Ao finalizar o mês de outubro, desejo recomendar a oração do Rosário”, disse o Papa Francisco ao concluir a Audiência Geral na manhã desta quarta-feira, na Praça de São Pedro.

Depois de pronunciar a catequese, o Santo Padre saudou os diferentes fiéis provenientes do mundo inteiro, aos quais falou sobre o rosário.

“Que esta simples oração mariana indique a vocês, queridos jovens, o caminho para interpretar a vontade de Deus em suas vidas. Amem esta oração, queridos enfermos, porque consola a mente e o coração. Que se torne para vocês, queridos recém-casados, um momento privilegiado de intimidade espiritual, em sua nova família”, assinalou.

Em seguida, Francisco recordou que outubro é o mês que rezamos à Mãe de Deus, especialmente, com o Santo Rosário:

“Irmãos e irmãs, está terminando o mês de outubro, dedicado à oração do Rosário, que é uma síntese da Divina Misericórdia. Nos mistérios do Rosário, contemplamos com Maria a vida de Jesus, que irradia a misericórdia do Pai. Alegremo-nos em seu amor e perdão, acolhamos os estrangeiros e necessitados, vivamos cada dia o seu Evangelho. Louvado seja Nosso Jesus Cristo”.

Fonte: Editora Cléofas

7 CONSELHOS PARA APERFEIÇOAR O HÁBITO DE REZAR O ROSÁRIO

Em poucos dias terminará o mês do Rosário, no qual muitos católicos redescobrem esta oração preferida da Virgem Maria, fortalecem sua vida espiritual e contam com graças especiais.

Por isso, a fim de continuar aperfeiçoando o hábito desta oração, contemplando Jesus através da Virgem Maria, apresentamos 7 conselhos práticos para aprofundar na oração do Rosário, tirados do livro “O Rosário: Teologia de joelhos”, do sacerdote, escritor e funcionário da Secretaria de Estado do Vaticano, Mons. Florian Kolfhaus:

1. Dedicar o tempo necessário para rezá-lo

Nossos calendários estão cheios de compromissos. Entretanto, é bom reservar de 20 a 30 minutos por dia para a oração do Santo Rosário. Este encontro com Jesus e Maria é muito mais importante que as demais atividades agendadas.

MARIA, ONIPOTÊNCIA SUPLICANTE

A nossa Consagração a Nossa Senhora começou no Calvário; foi Jesus mesmo quem nos deu essa graça, quando nos entregou a Sua Mãe para ser a nossa Mãe. Quando Jesus se dirige à Sua Mãe e lhe chama de “mulher”, em vez de chamá-la de mãe, em Cana da Galileia (Jo 2) e aos pés da Cruz (Jo 19,25-27), é para nos indicar qual é a “Mulher” a que Deus se referiu no Gênesis. Esta “Mulher” é Sua Mãe. Na cruz, momentos antes de morrer, Jesus nos deu Sua Mãe: “Mulher, eis aí teu filho” (Jo 19, 26). Precisamos dela para a nossa salvação dizem os Santos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

INFLUÊNCIA DA VORGEM MARIA NA VIDA DA IGREJA

1. Desejamos, antes de mais, deter-nos a considerar brevemente alguns aspectos significativos da personalidade de Maria, que oferecem a cada fiel indicações preciosas para acolher e realizar plenamente a própria vocação.

Maria precedeu-nos na via da fé: crendo na mensagem do anjo, ela é a primeira a acolher, e de modo perfeito, o mistério da Encarnação (cf. Redemptoris Mater, 13). O seu itinerário de crente inicia ainda antes do princípio da maternidade divina e desenvolve”se e aprofunda”se durante toda a sua experiência terrena. É audaz a sua fé, que na Anunciação crê no humanamente impossível e em Caná impele Jesus a realizar o primeiro milagre, provocando a manifestação dos seus poderes messiânicos (cf. Jo. 2,1″5).

O PODER DA ORAÇÃO

A oração opera maravilhas!

1.Como todas as obras sobrenaturais, é ela meritória e satisfatória. O que propriamente lhe pertence é a impetração. O homem ora e pede: Deus o ouve e atende a prece, não tanto em vista dos merecimentos que a criatura possa ter, porém, principalmente em virtude da Sua misericórdia e da mesma prece. A impetração corresponde à força da oração como tal e não ao mérito daquele que ora. E esse caráter particular, é o que mais cabalmente demonstra a excelência da oração e sua valia aos olhos de Deus.

2.E até onde vai o poder da impetração? Entende-se a todas as necessidades do homem sem excetuar nenhuma, não tendo outros limites que não os da onipotência e misericórdia divina. Assim no-lo afirma o Salvador: “Crede que obtereis tudo o que pedirdes” (Mt 21, 22; 7,7). “Pedi e recebereis” (Jo 14,13.)

Se, pois, Deus nada excetua, não nos cabe a nós fazer restrições. Por conseguinte, devemos pedir tudo o que razoavelmente desejarmos e que seja conforme a vontade divina, mormente os bens espirituais. A nossa confiança de obtê-los deve estar na razão da excelência e necessidades desses dons. Relativamente às vantagens temporais, importa proceder com alguma reserve. Talvez algumas delas não nos poderiam ser concedidas, senão por punição divina. A Sagrada Escritura prova magnificamente a eficácia da oração. Israel no deserto, Moisés, Josué, os grandes feitos dos juízes e dos Macabeus, os milagres de Jesus e os dos Apóstolos, em suma, toda a história da oração e de seus efeitos. É uma contínua e maravilhosa cadeia em que a prece humana e a humana miséria se entrelaçam com a misericórdia divina, o socorro de Deus.

SANTA MARIA, MÃE DE DEUS

“Donde me vem a dita que a Mãe de meu Senhor venha visitar-me?” (Lc 1,43)

O título “Théotokos” (Mãe de Deus) foi dado à Maria durante o Concílio de Éfeso (431), na Ásia Menor. A heresia de negar a maternidade divina de Nossa Senhora é muito anterior aos protestantes. Ela nasceu com Nestório, então Bispo de Constantinopla. Os protestantes retomaram esta heresia já sepultada pela Igreja de Cristo. Este é um problema de Cristologia e não de Mariologia. Vamos demonstrar através dos exemplos abaixo a autencidade da doutrina católica.

MARIA: VENCEDORA DE SATANÁS E DAS HERESIAS

Maria: Vencedora de Satanás e das heresias

Maria é a vitória de Deus sobre o Mal.

Desde os primórdios da humanidade Maria recebeu de Deus o poder e a missão de esmagar a cabeça da serpente maligna. Disse Deus a ela no paraíso:

“Porei inimizade entre ti e a mulher entre a tua descendência e a dela. Ela te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gn 3,15).

Os Santos Padres afirmam que assim como o pecado entrou no mundo por meio da mulher, assim também a salvação haveria de chegar à humanidade pela mulher. E esta mulher, a nova Eva, a nova Virgem, desde toda a eternidade Deus escolheu que fosse Maria.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

A MEDITAÇÃO DE MARIA

“O meio mais seguro de conhecermos a vontade Deus é rezarmos à nossa boa mãe, Maria”. S. João Maria Vianney

O Concílio Vaticano II, na Lúmen Gentium, explica-nos bem como é a mediação de Nossa Senhora diante de Deus. Vejamos:

“A maternidade de Maria na dispensação da graça perdura ininterruptamente a partir do consentimento que ela fielmente prestou na Anunciação, que sob a Cruz ela resolutamente manteve e manterá até a perpétua consumação de todos os eleitos. Assumida aos céus, não abandonou esta salvífica função, mas por sua multíplice intercessão continua a granjear-nos os dons da salvação eterna. Por seu maternal amor cuida dos irmãos do seu Filho que ainda peregrinam rodeados de perigos e dificuldades, até que sejam conduzidos à feliz pátria”.

DEVOÇÃO DAS TRÊS AVES-MARIAS

O PODER, VALOR E SANTIDADE DO ROSÁRIO

Rosário de Maria
Uma Revelação da Virgem Santíssima ao Bem-aventurado Alano de la Roche

Através do Rosário, pecadores endurecidos de ambos os sexos se converteram e começaram a levar uma vida santa, lamentando seus pecados passados com verdadeiras lágrimas de contrição. Mesmo as crianças fizeram inacreditáveis penitências; a devoção ao meu FILHO e a mim espalhou-se tão completamente que parecia que os Anjos estivessem vivendo na Terra. A Fé estava vencendo, e muitos católicos desejaram dar seu sangue por isto, lutando contra os hereges. Assim, através dos sermões do meu querido Domingos e do poder do Rosário, as terras dos hereges voltaram ao domínio da Igreja. As pessoas costumavam dar esmolas generosas; hospitais e escolas foram construídos. As pessoas viviam uma vida moral e correta e faziam maravilhas para a glória de DEUS. A santidade e a espiritualidade floresciam; o clero era exemplar, os príncipes eram justos, as pessoas viviam em paz umas com as outras, a justiça e a equidade reinavam nas associações e nos lares.

O SANTO ROSÁRIO: O QUE É, ORIGENS E DEMAIS EXPLICAÇÕES

1) Que é o Rosário?

O Rosário é uma série de orações, acompanhadas de meditações em honra da Santíssima Virgem. Chama-se Rosário porque esta devoção é como uma coroa de rosas que se oferece a Maria. A oração principal do Rosário é a Ave Maria.

Nossa Senhora do Rosário

2) A quem devemos a instituição do Rosário?

Na sua forma atual, o Rosário tem por autor São Domingos[1], fundador da Ordem dos Padres Pregadores ou Dominicanos. Segundo vários documentos pontifícios, aquele santo teve para isso uma revelação particular de Maria, acerca do ano de 1206.

[1] O uso de honrar a Maria rezando repetidas vezes o Padre Nosso, a Ave Maria e o Gloria Patri, fora inaugurado no século V por Santa Brígida, Abadessa de um mosteiro de beneditinas, na Irlanda. Para facilitar tal prática, sujeitando a uma ordem invariável as orações que a compunham, Santa Brígida serviu-se de contas de diferentes tamanhos, enfiadas em forma de coroa. São Domingos, aperfeiçoando esse terço, sobre as indicações de Maria, formou o Rosário tal qual hoje existe.

No século XV, o uso do Rosário, tendo decaído pela desgraça dos tempos, Deus suscitou o B. Alain de la Roche, dominicano bretão, para restabelece-lo em todo seu brilho.

A VIRGEM MARIA E A FIGURA BIBLICA DA MULHER

A Santíssima Virgem Maria está presente na Bíblia desde o Antigo Testamento, na figura da Mulher, da excelsa Filha de Sião.

A Bíblia e a Tradição da Igreja, que juntas formam o único depósito da Revelação divina, mostram de modo cada vez mais evidente o papel da Santíssima Virgem Maria, Mãe de Jesus Cristo, na economia da salvação da humanidade. Hoje, sabemos que “os livros do Antigo Testamento descrevem a história da salvação na qual se vai preparando lentamente a vinda de Cristo ao mundo”[1].

A Santíssima Virgem Maria está presente na Bíblia desde o Antigo Testamento, na figura da Mulher, da excelsa Filha de Sião.O nascimento de Jesus Cristo, o Emanuel.

Os livros do Velho Testamento, lidos na Igreja e interpretados à luz da Tradição viva, evidenciam a figura de uma “Mulher”, a Mãe do Filho de Deus, especialmente naquele que é chamado de “Protoevangelho”: “Maria encontra-se já profeticamente delineada na promessa da vitória sobre a serpente (cf. Gn 3,15), feita aos primeiros pais caídos no pecado”[2].

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

“CARAE COROA” RELIGIOSO DO TERREMOTO DA ITÁLIA

O terremoto que assolou a Itália central no mês de agosto deixou diversas lições, nem sempre bem focalizadas na mídia e nas redes sociais.
Mais uma vez, a Providência fez sentir sua mão protetora sinalizando aos homens por onde passa a via da salvação: a mediação universal de Nossa Senhora, maternalmente extremosa nos momentos da maior dificuldade e dor.
Em Pescara del Tronto, uma das cidades mais devastadas pelo sismo, uma imagem da Virgem Maria permaneceu intacta em meio à destruição geral.
Logo depois da catástrofe, a imagem da Mãe de Deus foi encontrada íntegra entre os escombros.
Ela era cultuada habitualmente num nicho de cristal suspenso a dois metros de altura, voltado para a rua, como é frequente na Itália.
Ela ficou intacta, apesar da violência do abalo, e não é o primeiro caso registrado em terremotos, furacões e tsunamis no que vai do século XXI.

As tão repetidas e admiráveis circunstâncias não nos permitem duvidar da intervenção providencial nesses fatos.
Eles nos estimularam a criar uma página especial, aonde estamos recolhendo notícias sobre esses sinais milagrosos, esperançosos e fora do comum:
CLIQUE AQUI Imagens intactas nas catástrofes. Por quê?

Como estão sendo atendidos esses sinais de Nossa Senhora? Em um primeiro momento fala-se um pouco, e alguma foto, notícia ou testemunho viraliza.

A VIRGEM MARIA, O CORAÇÃO QUE AMA E REZA!

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria é o coração amoroso e orante da Santa Igreja.

A Santíssima Virgem Maria é este coração orante e amoroso, que não vemos, mas tudo move, e que se fez presente desde os inícios na Igreja. Antes do derramamento do Espírito Santo em Pentecostes, a Mãe da Igreja já estava presente, com os apóstolos e discípulos de Jesus Cristo: “Todos eles perseveravam unanimemente na oração, juntamente com as mulheres, entre elas Maria, mãe de Jesus” (At 1, 14).

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria é o coração amoroso e orante da Santa Igreja.

Nossa Senhora de Pentecostes

No Cenáculo em Jerusalém, a Virgem de Pentecostes perseverava em oração junto com a Igreja nascente, à espera da vinda do Espírito prometido por Cristo: “porque João batizou na água, mas vós sereis batizados no Espírito Santo daqui há poucos dias” (cf. At 1, 5). Esta presença orante e amorosa da Virgem Maria na Igreja primitiva nos ajuda a compreender como deve ser a nossa atitude na Igreja.

NOSSA SENHORA DETEVE O SOL PARA QUEO REI SÃO FERNANDO VENCESSE OS MUÇUMANOS

Pôr do sol em Tentudía. Cruz evocativa

Ao iniciar a campanha de Sevilha, em 1247, o Rei São Fernando III enviou mensagem ao Grão-mestre da Ordem de Santiago, D. Pelayo Correa, para que acertasse alguns assuntos próximo a Badajoz, e depois fosse a Sevilha.
Assim ele o fez, conquistando com seus monges-cavaleiros várias cidades pelo caminho.
Ao passar por Figueira da Serra, foi atacado por uma numerosa hoste de muçulmanos, muito superior à que tinha consigo.
Vendo que a batalha se prolongava, e que começava a anoitecer, D. Pelayo rezou à Virgem, suplicando-lhe que mantivesse a luz do dia: "Señora, ten tu día" ("Senhora, segurai o vosso dia").

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

MARIA, A PRIMEIRA DISCIPULA MISSIONÁRIA

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria foi a primeira discípula missionária.

A Santíssima Virgem Maria foi a primeira discípula missionária de Jesus Cristo. “Maria, mulher de fé, foi plenamente evangelizada, é a mais perfeita discípula e evangelizadora (cf. Jo 2, 1-12). Ela é o modelo de todos os discípulos e evangelizadores por seu testemunho de oração, de escuta da Palavra de Deus e de pronta e fiel disponibilidade ao serviço do Reino até a cruz”[1]. Em todos os continentes, a Virgem Maria permanece nos ensinando como levar a humanidade para Jesus. No continente latino-americano não poderia ser diferente. Aqui, Nossa Senhora é o selo distintivo da nossa cultura.

Saiba por que podemos dizer que a Virgem Maria foi a primeira discípula missionária.Nossa Senhora de Guadalupe

Temos um bom exemplo disso no México, onde a figura materna de Nossa Senhora de Guadalupe foi decisiva para que os homens e mulheres da América Latina se reconhecessem em sua dignidade de filhos de Deus. “Mãe e educadora do nascente povo latino-americano, em Santa Maria de Guadalupe, através do Beato Juan Diego, ‘é oferecido um grande exemplo de evangelização perfeitamente inculturada’”[2]. A Santíssima Virgem precede-nos na peregrinação da fé e no caminho da glória, e acompanha a nós que nos dirigimos a ela com amor, até que nos encontremos definitivamente com seu Filho. “Por isso, a invocamos como Estrela da Primeira e da Nova Evangelização”[3].

A MEDITAÇÃO A PARTIR DE PEQUENOS PONTOS

Descubra como a meditação a partir de pequenos pontos pode nos ajudar a crescer na vida espiritual.

Nesta aula do curso “Ensina-nos a Orar”, Padre Paulo Ricardo nos explica como meditar a partir de pequenos. A tradição de meditar a partir de pequenos pontos já é uma prática consagrada na espiritualidade da Igreja Católica. Trata-se de um método muito simples, mas de riqueza e profundidade extraordinárias.

Descubra como a meditação a partir de pequenos pontos pode nos ajudar a crescer na vida espiritual. Santa Elisabete da Trindade

No início do curso, tratamos da leitura orante. Mas, a partir do momento que começamos realmente a progredir na meditação, aos poucos nos desprendemos dos livros e começamos a notar que podemos simplesmente pegar um ponto de meditação, ou seja, algo que é uma verdade. Então, meditamos sobre este ponto e vemos que aquilo consegue “plugar”, ou seja, conseguimos, de alguma forma, na fé, entrar em contato com aquela como uma verdade amorosa.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

O PODER DO SANTÍSSIMO NOME DE JESUS

Depois de ler, você vai querer invocá-lo todos os dias

jesus

Como nos diz o evangelista São Lucas: “Completados que foram os oito dias para ser circuncidado o menino, foi-lhe posto o Nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser concebido no seio materno” (Lc 2, 21).

Assim, o Santíssimo Nome de Jesus foi dado pelo céu; por isso tem poder. Santa Joana D’Arc morria na fogueira repetindo o nome de Jesus. O nome Jesus representa a Pessoa divina do Verbo encarnado.

“Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o Nome que está acima de todos os nomes, para que ao Nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor” (Fil 2, 9-11).

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

JESUS NO DESERTO E AS TENTAÇÕES DAS ALMAS ESCOLHIDAS

Iesus ductus est in desertum a spiritu, ut tentaretur a diabolo — “Jesus foi levado pelo espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo” (Matth. 4, 1).

Sumário. Meu irmão, se o Senhor permite que sejas tentado, não desanimes, porquanto vê nisso um sinal de que Ele te ama e te quer fazer mais semelhante a Jesus Cristo, que, como refere o Evangelho de hoje, foi também tentado. Esforça-te, porém, a exemplo do próprio Redentor, por empregar todos os meios para seres vencedor. Especialmente refreia as tuas pequenas paixões desordenadas, mortificando-as pela penitência e recorre sempre a Deus pela oração contínua.

I. Os trabalhos que mais afligem nesta vida às almas amantes de Deus, não são tanto a pobreza, a enfermidade e as perseguições, como as tentações e as securas espirituais. Quando a alma goza da amorosa presença de Deus, todas as tribulações, em vez de a afligirem, mais a consolam, fornecendo-lhe a ocasião para oferecer a Deus algum penhor de seu amor. Mas ver-se pela tentação em perigo de perder a graça divina e temer na secura que já a perdeu, é isso uma pena demasiado amarga para quem ama deveras a Deus. — Observemos, porém que é esta a sorte comum das almas santas: Quia acceptus eras Deo, necesse fuit, ut tentatio probaret te (1) — “Porque eras aceito de Deus, por isso foi necessário que a tentação te provasse”.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

OS PREGOS E A PACIÊNCIA

Um menino tinha mau caráter. Seu Pai lhe deu um saco de pregos e lhe disse que cada vez que perder a “PACIÊNCIA”, deveria pregar um prego na porta. No primeiro dia, o menino pregou 37 pregos. As semanas que seguiram, à medida que aprendia a controlar seu gênio, pregava cada vez menos pregos. Com o tempo descobriu que era mais fácil controlar seu gênio que pregar pregos na porta. Chegou o dia em que pode controlar seu caráter durante todo o dia.
Depois de informar a seu Pai, este lhe sugeriu que retirasse um prego a cada dia que conseguisse controlar seu caráter.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

QUAL É A OPINIÃO DO PAPA FRANCISCO SOBRE OS ATAQUES DO DEMÕNIO?

Você acredita na existência de Satanás? Talvez estas veementes palavras do Papa Francisco lhe ajudem: “E pensar que nos queriam fazer crer que o diabo era um mito, uma figura, uma ideia do mal!. Ao contrário, o diabo existe e nós devemos lutar contra ele. São Paulo recorda: é a palavra de Deus que no-lo diz! Mas parece que não estamos convictos desta realidade” (30 out 2014).

Não há dúvida de que, ao longo da vida, encontramos o mal e a tentação, sofrimento, divisão, e muitas vezes estremecemos diante das provações.

O QUE OS SANTOS DOUTORES ENSINAM SOBRE AS TENTAÇÕES?

São Leão Magno, papa e doutor da Igreja (400-460) nos explica bem como são as tentações e seus vários tipos:

“O antigo inimigo, disfarçando-se em anjo de luz (2 Cor 11,14) não cessa de armar por toda parte as ciladas da mentira e de procurar de todo modo corromper a fé dos crentes. Sabe a quem incutir o ardor da cobiça, a quem oferecer os atrativos da gula, a quem inflamar com a luxúria, em quem infiltrar o veneno da inveja. Sabe a quem perturbar com a tristeza, a quem iludir com a alegria, a quem oprimir com o temor, a quem seduzir pela vaidade. Observa os costumes de todos, investiga as preocupações, perscruta os sentimentos; e procura meios de fazer mal onde vê alguém ocupar-se em algo com interesse. Entre os que acorrentou a si, dispõe de muitos peritos em suas artes, e serve-se de sua habilidade e sua língua para enganar os outros”.

O QUE FAZER QUANDO ESTAMOS SENDO TENTADOS?

Nas tentações é preciso ter paciência, confiança e abandono nas mãos de Deus

Jesus nos ensinou a enfrentar a tentação. Santo Agostinho disse que “Jesus poderia ter impedido o demônio de se aproximar dele; mas, se não fosse tentado, não te daria o exemplo de como vencer a tentação”.

Então, vamos examinar como Jesus venceu o Tentador. Antes de tudo Ele jejuou; o jejum fortalece a nossa vontade, faz com o que o nosso espírito comande o nosso corpo, e não nos deixa ser dominado pelas paixões. A Igreja recomenda que nas sextas-feiras o cristão faça um pouco de penitência. Pode ser rezar mais, cortar um pouco os alimentos, deixar uma diversão, fazer uma peregrinação a um santuário, participar da santa Missa; enfim, há muitas formas de fazer uma penitência.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

FAMÍLIAS QUE ORAM UNIDAS SÃO MAIS FELIZES E VIVEM MELHOR

"Família que reza unida permanece unida" não é só uma frase bonitinha: a ciência explica por que isso acontece

Familia en el santuario de Torreciudad - pt

Diversos estudos científicos chegaram à conclusão de que as famílias que oram juntas são mais felizes, permanecem mais unidas e, por isso, vivem melhor, confirmando assim a conhecida frase “família que reza unida, permanece unida”, que acunhou o sacerdote Patrick Peyton e que dizia com grande frequência São João Paulo II. A agência de notícias ‘Religión en Libertad‘ tomou a tarefa de compilar vários destes estudos.

Um deles foi o que realizou o professor de psicologia da Universidade Estatal de Dakota do Norte, Estados Unidos, Clay Routledge, que centrou sua investigação nos efeitos que a oração e a prática religiosa tem nas pessoas, não somente em relação à alma, mas na parte física e nas relações com os demais e com a sociedade.

“Há uma evidência que indica que a oração, um comportamento associado à religião, pode ser útil para os indivíduos e para a sociedade”, diz o professor sobre uma pesquisa recolhida pela UCCR, que menciona a agência de notícias.

terça-feira, 21 de junho de 2016

INTERCEDERNDO PELA CONVERSÃO E LIBERTAÇÃO DE ALGUÉM

arquidiocesedepalmasQuando você conhecer alguém triste ou necessitado de cura, seja espiritual, física ou emocional, arme-se com a armadura de Deus (Ef 6,10-17) e peça perdão dos seus pecados.

Leia e medite (2Cor 5,17-20 e 10,4-5). Perdoe a todos os seus ofensores e, na presença ou ausência dos necessitados, ore, com muita fé, a seguinte oração:

Senhor Pai eterno, em Nome do Teu Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, derrubamos, com o poder do Espírito Santo, todas as fortalezas da mentira, engano, escravidão espiritual, presunção e orgulho em (dizer o nome da pessoa).

Senhor Pai amoroso, usando a autoridade que nos foi concedida pelo Senhor Ressuscitado, vencedor de todo mal e da morte eterna, derrubamos as barreiras que se levantam em (…) contra Teu conhecimento e adoração. Senhor Pai Justo e Santo, em Nome de Cristo Ressuscitado, único Senhor do universo, nós agora expulsamos de (…) todas as trevas e influências malignas em todas as áreas do seu ser, assim como todo e qualquer domínio que Teu inimigo, Senhor, possa ser sobre (…)

Neste instante, pelo Sangue do Senhor Jesus, que está na Sua glória intercedendo por nós, libertamos (…) para que ele(a) viva reconciliando (a) Contigo, se converta, confesse seus pecados e seja, doravante, Teu (Tua) filho (a) obediente. E agradecemos-Te por isso, Senhor.

Pela autoridade do Nome onipotente do Senhor Jesus, eu quebro todo o poder de Satanás, sobre a vida de (…), reclamo sua salvação, cura e libertação de todo malefício, macumba, controle mental, insegurança, medo, para que “a sua alegria seja perfeita” (Jo 16,24) e o Sangue precioso do Senhor Jesus produza em (…), os frutos do Espírito Santo. Santa Maria, Mãe de Deus, roga por este(a) Teu(Tua) filho(a) (…), por sua conversão e libertação. Amém, Amém. (Orar o Credo).

Texto retirado do livro: Orações de Todos os Tempos da Igreja

Fonte: Editora Cléofas

O ROSÁRIO - Dom Antônio de Castro Mayer

A Sagrada Liturgia saúda a Maria como vencedora, sozinha, de todas as heresias do mundo (Ant. do 3º not. do Of. Comum de Nossa Senhora)

Destas salutares proezas da Virgem Santíssima ficou especialmente marcada, na História, a vitória sobre os albigenses, esses maniqueus da Idade Média, que infestaram, sobretudo, a França e o norte da Itália. Contra eles, segundo consta, serviu-se São Domingos, fundador da Ordem dos Pregadores, da difusão da reza do Santo Rosário entre o povo fiel.

É oportuno salientar certa analogia entre várias posições dos hereges albigenses e os progressistas da igreja nova. Os albigenses negavam a Presença Real de Jesus Cristo na SS. Eucaristia, negavam igualmente a transubstanciação, admitiam o batismo só para adulto, opunham-se ao culto das imagens, eram contra a guerra mesmo defensiva, etc.

Em termos assim tão taxativos, não cremos haja progressistas que subscrevam as heresias dos albigenses. Porém, que na igreja nova se nota uma espécie de ojeriza pelas imagens, é coisa evidente, quando elas são desalojadas dos templos. Também o novo ordo da Missa obscurece a Fé na Transubstanciação, de que não fala, e na Presença Real, que não salienta como a anterior ao Vaticano II. Assim igualmente há quem peça o batismo só para os adultos com capacidade de escolher. Mais ou menos como seria a mãe que não alimentasse o filho de colo, porque não sabe se ele vai realmente desejar viver!

De maneira que hoje, como nos tempos dos albigenses, como sempre, é de suma importância a devoção do Sacratíssimo Rosário da Bem-Aventurada Virgem Maria.

Na festa de Nossa Senhora do Rosário,  7 de outubro, convém salientar a grande atualidade da reza frequente, mesmo quotidiana, do Rosário, ou ao menos, do Santo Terço.

Fonte:  Vas Honorabile

O VERDADEIRO FEITIO MORAL DE SANTA BERNADETTE

Santa Bernadette

Sobre a vida Santa Bernadette Soubirous, Virgem, a quem Nossa Senhora apareceu, em Lourdes, o conceituado hagiógrafo Rorbacher diz o seguinte:

“Bernadette Soubirous era uma criança em tudo igual às outras. Nela só se destacavam a expressão do olhar de invulgar inocência”.
“Na primeira aparição, Bernadette só pode fazer o Sinal da Cruz depois que Nossa Senhora o fez. Mas segundo numerosas testemunhas, depois dessa visão, em toda a vida de Bernadette, seu Sinal da Cruz era inigualável e realmente inesquecível. Um sinal inimitável, pois a vidente o aprendera com a Santíssima Virgem.”
“Uma ocasião, no convento, insistiam com a Irmã Bernarda para que dissesse como era o vestido com o qual Nossa Senhora lhe aparecia. Uma das religiosas dizia que era desta fazenda, outra, daquela. Respondeu-lhe Bernadette:

UM VERDADEIRO DEVOTO DE MARIA NÃO SE PERDE

Um verdadeiro devoto da Santíssima Virgem Maria, que fielmente a serve e a ela recorre, jamais se perderá. A princípio, esta afirmação pode parecer um tanto quanto exagerada e fora da realidade. No entanto, antes de rejeitar esta proposição, meditemos a respeito. Quando dizemos que é impossível perder-se um devoto da Mãe de Deus, não estamos falando daqueles que abusam da devoção mariana para pecar com menos temor da condenação. Há quem desaprove que celebremos as misericórdias de Nossa Senhora para com os pecadores, dizendo que estes abusam dela para pecar mais. Mas, o fazem injustamente, pois esses que se acham salvos, por esta sua temerária confiança, merecem castigo e não misericórdia.

Saiba porque um verdadeiro devoto da Virgem Maria não se perde, mas alcança a libertação das ciladas do demônio e a salvação eterna.Nossa Senhora da Fátima

Aqui tratamos somente daqueles devotos da Santíssima Virgem que, ao desejar mudar de vida, perseveram nesse propósito. Bem-aventurados os que praticam as virtudes de Nossa Senhora, e caminham sobre as pegadas de sua vida, com o socorro da graça divina. Se procedermos dessa forma, seremos felizes neste mundo devido à abundância de graças e de doçuras que a Virgem Maria nos comunica de sua plenitude, com muito mais fartura do que aos outros, que não a imitam com tanto esforço. Seremos felizes também em nossa morte, que será doce e tranquila, sob os cuidados da Mãe de Deus, que nos conduzirá às alegrias eternas. Seremos felizes na eternidade, pois jamais se perdeu nenhum dos seus servos, que durante a vida tenham imitado fielmente as suas virtudes.

A MENINA QUE PASSOU A NOITE COBERTA COM O MANTO DE NOSSA SENHORA

Ela tinha apenas 3 anos de idade e se perdeu dos seus pais em plena noite de inverno

little girl sleeping

Uma menina de apenas 3 anos de idade se perdeu dos seus pais na cidade espanhola de Rojales. A noite gelada chegou, no rigoroso inverno europeu, e seus pais, com o coração partido de dor, recorreram às autoridades. A notícia correu de boca em boca. O povoado inteiro se mobilizou. Os jovens, com tochas, percorreram as redondezas do local e da cidade vizinha, mas a pequena não aparecia em lugar nenhum. Era 18 de janeiro de 1896.

No dia 19, os habitantes das cidades vizinhas foram avisados, e todos procuravam a menina com ansiedade. As pessoas esperavam encontrar pelo menos seu cadáver, supondo que ela não teria resistido ao frio da noite anterior.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

BEM-AVENTURADOS OS QUE SÃO PERSEGUIDOS

Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 10).

Em tempos, nos quais nós cristãos continuamos a ser perseguidos, ameaçados; em muitos países sofremos violências, torturas, somos escravizados e mortos, meditemos sobre esta promessa de nosso Senhor Jesus Cristo: “Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 10). Este é o tema do oitavo e último artigo da série “As Bem-aventuranças”, que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produziu, e que apresentamos exclusividade:

“Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 10).

Fuga de São José com a Virgem Maria e o Menino Jesus para o Egito.

A perseguição por causa da justiça

Logo no início da História Sagrada, vemos a presença da perseguição. Abel reconhecia Deus como seu Senhor e dava a Ele, em gratidão, o que era de melhor. Isto incomodava Caim, pois as suas ofertas não eram por amor, por reconhecimento. Caim não conseguia ter o mesmo desapego de seu irmão e para não mais se sentir importunado, resolveu o perseguir, e a melhor forma que encontrou de vingar-se foi assassinar Abel (cf. Gn 4, 1-8). Sabe o real motivo? Porque as suas obras eram más, e as do seu irmão, justas (1 Jo 3, 12). Esta perseguição perdurou em toda a história da humanidade, se faz presente até nossos dias e faz parte das nossas vidas muito mais do que imaginamos.

BEM-AVENTURADOS OS PACÍFICOS

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declara: “Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!” (Mt 5, 9).

No tempo em que vivemos, no qual o ódio, a violência, os crimes, a guera e tantos outros males estão cada vez mais presentes nos mais diversos povos e culturas em todo o mundo, somos convidados a meditar sobre este ensinamento e, ao mesmo tempo, promessa de nosso Senhor Jesus Cristo: “Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!” (Mt 5, 9). Este é o tema do sétimo artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre “As Bem-aventuranças”, e que apresentamos exclusividade:

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declara: “Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!” (Mt 5, 9).Nossa Senhora Rainha da Paz

Quando alguém questiona outra pessoa perguntando se ela é pacífica, o que necessariamente está querendo saber? Na verdade está examinando se ela tem sentimentos. Se for bondosa e caridosa, possivelmente é por ser pacífica! Se for maldosa, avarenta e briguenta não carregará no coração a paz, ou seja, não é pacífica. O coração, é a mais íntima parte do homem, refere-se a tudo o que diz respeito ao interior misterioso de um ser humano. “O coração contente alegra o semblante, o coração triste deprime o espírito” (Pr 15, 13). Onde estão os afetos humanos? No coração! Todos os corações podem ser bombardeados pelas adversidades da vida, mas só aqueles que estão em Deus, que esperam em Deus e levam Deus para os outros, permanecerão pacíficos. Ser pacífico envolve mais do que a temperança1. A pessoa pacífica toma a iniciativa de ser amigável e promover a paz àqueles com quem convive. Ser pacífico é ser caridoso, pois ele oferece a todos a paz.

BEM-AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo fez a nós uma promessa extraordinária: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mt 5, 8).

Em tempos nos quais a impureza aumenta cada vez mais nos corações, é de suma importância meditarmos a sexta “Bem-aventurança”, na qual nosso Mestre e Senhor Jesus Cristo proclama: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mt 5, 8). Esta é o tema do sexto artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre as Bem-aventuranças e que apresentamos exclusividade:

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo fez a nós uma promessa extraordinária: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mt 5, 8).A Imaculada Conceição

Um dia eu tive um sonho: nosso Senhor dizia-me que muitos homens são o que são, agressivos, luxuriosos, gananciosos e ingratos, por que lhes foi tirado do coração a pureza e a inocência. Por isso, Ele pediu para ensinar as nossas crianças da catequese, que são embaladas pelo carisma de nossa comunidade, esta oração:

Mãezinha do Céu, guarda a minha pureza e minha inocência. Não permitas que o mal arranque do meu coração o amor que tenho por Ti e por Teu Filho Jesus. Protege a Família Discípulos da Mãe de Deus, para que possa sempre te fazer mais conhecida e amada. Abençoa meus pais, meus irmãos e meus amigos. Obrigado por tudo o que eu tenho. Amém1.

BEM-AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOS

Pensemos na maravilhosa promessa que Jesus Cristo fez a nós no Sermão da Montanha: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!” (Mt 5, 7).

Neste Ano Santo da Misericórdia, é significativo meditarmos a quinta “Bem-aventurança”, na qual nosso Senhor Jesus Cristo proclama que são “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!” (Mt 5, 7). Esta é o tema do quinto artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produziu sobre as Bem-aventuranças e que apresentamos exclusivamente:

Pensemos na maravilhosa promessa que Jesus Cristo fez a nós: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!” (Mt 5, 7).Jesus e a pecadora perdoada (cf. Lc 7, 36-50).

Interessante! Há pessoas que não são misericordiosas, por isso não conseguem ter um ato de misericórdia. Ser misericordioso é algo comportamental (atitude), constante (hábito) e espiritual (místico). Segundo o dicionário Aurélio, a palavra “misericórdia” significa compaixão suscitada pela miséria, pela dor alheia. Algumas pessoas não são caridosas, mas conseguem fazer caridade. Pois, fazer caridade pode ser algo momentâneo (passageiro), circunstancial (num caso particular) e material (visível). Mas, a misericórdia segundo o Evangelho ultrapassa todos esses conceitos.

OS BEM-AVENTURADOS, A FOME E SEDE DE JUSTIÇA

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declarou “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!” (Mt 5, 6).

Meditemos a quarta “Bem-aventurança”, na qual nosso Senhor Jesus Cristo nos ensina que são “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!” (Mt 5, 6). Esta é o tema do quarto artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre as Bem-aventuranças.

No Sermão da Montanha, Jesus Cristo declarou “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!” (Mt 5, 6).O nascimento do Menino Jesus num presépio (cf. Lc 2, 7).

Minha Mãe do Céu, quanto mais eu te tenho, mais eu te quero!

Meu Pai do Céu, quanto mais eu comungo o teu Filho, mais fome tenho de seu Pão!

Quando reflito nesta Bem-aventurança, mais eu rezo e me entrego na súplica, para que meu desejo pelas coisas celestiais aumente e adorne a minha alma.

BEM-AVENTURADOS OS MANSOS

Eis a promessa que o Senhor Jesus faz a cada um de nós: “Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra!” (Mt 5,5).

Na terceira Bem-aventurança, nosso Senhor Jesus Cristo nos ensina que são “Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra!” (Mt 5,5). Este é tema do terceiro artigo da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus produz sobre as Bem-aventuranças. A partir desta passagem, somos convidados a meditar sobre o significado bíblico, teológico e magisterial desta mansidão e da promessa de Deus a ela condicionada: “possuirão a Terra!”.

Eis a promessa que o Senhor Jesus faz a cada um de nós: “Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a Terra!” (Mt 5,5).Milagre de Jesus nas bodas de Caná (cf. Jo 2, 1-12).

Quando falamos em possuir a Terra… Todo mundo quer! Quando se coloca a condição de ter que ser “manso” para possuir tal “terra”, as pessoas resfriam na conquista da Bem-aventurança. Por que será? É simples! Não sabemos ainda o significado de ser “manso”.

BEM-AVENTURADOS OS QUE CHORAM

No Sermão da Montanha, Jesus nos ensinou: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!”.

Na segunda Bem-aventurança, Jesus Cristo declarou: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!” (Mt 5, 4). Como todos os cristãos, os consagrados marianos devem também observar e dar credibilidade às palavras do Senhor no Sermão da Montanha. O que nosso Senhor lá falou, são os compromissos a serem assumidos. Se tivermos fé, poderemos ser consolados. Dependendo dos motivos que nos fazem chorar, seremos beneficiados, segundo a promessa de Jesus.

No Sermão da Montanha, Jesus nos ensinou: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!”.Santo Agostinho, Nossa Senhora da Consolação e Santa Mônica

Mesmo que muitos digam que o mundo é dos fortes, dos destemidos e valentes, e afirmem que “homem que é homem, não chora!”, é fundamental que estejamos atentos e compenetrados nas Bem-aventuranças. Precisamos ter certeza e convicção de que aqueles que “choram” por causa do Reino dos Céus, serão consolados. Só assim, passaremos pelo “vale das lágrimas”, confiantes e sustentados pelas juras do Alto.

BEM-AVENTURADOS OS POBRES DE CORAÇÃO

Uma meditação sobre a pobreza de coração: “Bem-aventurados os que têm um coração de pobre, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 3).

Este artigo, no qual falaremos da pobreza de coração, é o primeiro da série que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus desenvolverá tem como tema as Bem-aventuranças. Nesta série, vamos meditar sobre as boas aventuras da Virgem Maria, para descobrir o que Ela quer nos ensinar. Temos o objetivo de mostrar que a maior e a melhor de todas as “aventuras” é caminhar como verdadeiros predestinados aos Céus. A Virgem Maria já fez a sua conquista sagrada. E ela quer que também alcancemos a máxima felicidade, que é a união definitiva com Deus.

Uma meditação sobre a pobreza de coração: “Bem-aventurados os que têm um coração de pobre, porque deles é o Reino dos céus!” (Mt 5, 3).Visitação da Virgem Maria a Santa Isabel

Para começar a nossa reflexão, partimos de algumas perguntas: Você gosta de “aventuras”? Quando você pensa nestas, chega na sua imaginação, esportes radicais, situações de risco, de perigo? Campeonatos, jogos de “sorte e azar”? Imagine alguém atravessar abismos na “corda bamba”, escalar e pular de construções urbanas ou enfrentar uma maratona de dezenas de horas. Estas coisas você considera uma aventura?

MEDITAÇÕES SOBRE AS BEM-AVENTURANÇAS

Conheça as meditações que a Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus nos apresenta sobre as Bem-aventuranças numa série de vídeos e artigos.

 

Esta é a apresentação de uma série de artigos e vídeos da Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus a respeito das Bem-aventuranças. Mais do que em outros tempos, em nossos dias o materialismo, a busca pelo prazer, a cultura de morte, as ideologias, destroem as pessoas, as famílias e a sociedade. Por isso, hoje em dia é mais que necessário falar sobre as Bem-aventuranças.
 

A falta de amor e a desobediência aos mandamentos de Deus
Hoje o homem padece de uma “consciência canificada”, onde não se busca mais viver os princípios de uma vida em Deus, por Deus e para Deus. O lema: “Amar a Deus sobre todas as coisas”, é ultrapassado! A regra: “amai-vos uns aos outros, como eu vos amo” (Jo 15, 12), é retrógrada! A norma: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mc 12, 31), é marchar em sentido contrário ao progresso! O que importa é ser bem-sucedido a qualquer preço. Para estes indivíduos, suas relações não são com pessoas, mais sim com coisas.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

HISTÓRIA DA FESTA DE CORPUS CHRISTI

No final do século XIII surgiu em Lieja, Bélgica, um Movimento Eucarístico cujo centro foi a Abadia de Cornillon fundada em 1124 pelo Bispo Albero de Lieja. Este movimento deu origem a vários costumes eucarísticos, como por exemplo, a exposição e bênção do Santíssimo Sacramento, o uso dos sinos durante a elevação na Missa e a festa do Corpus Christi.
Santa Juliana de Mont Cornillon, priora da Abadia, foi escolhida, por Deus para criar esta Festa. A santa desde jovem teve uma grande veneração ao Santíssimo Sacramento. Esperava que algum dia tivesse uma festa especial ao Sacramento da Eucaristia. Este desejo, conforme a tradição foi intensificado por uma visão que teve da Igreja sob a aparência de lua cheia com uma mancha negra, que significava a ausência dessa solenidade.
Juliana comunicou esta imagem a Dom Roberto de Thorete, bispo de Lieja, também ao douto Dominico Hugh, mais tarde cardeal legado dos Países Baixos e Jacques Pantaleón, mais tarde o Papa Urbano IV. A festa mundial de Corpus Christi foi decretada em 1264, 6 anos após a morte de irmã Juliana em 1258, com 66 anos. Santa Juliana de Mont Cornillon foi canonizada em 1599 pelo Papa Clemente VIII.
Dom Roberto não viveu para ver a realização de sua ordem, já que morreu em 16 de outubro de 1246, mas a festa foi celebrada pela primeira vez no ano seguinte, na quinta-feira após à festa da Santíssima Trindade. Mais tarde um bispo alemão conheceu os costumes e o levou por toda atual Alemanha.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

TRÊS SEGREDINHOS PARA “ARRANCAR” FAVORES DE NOSSA SENHORA!

Santo Antônio Maria Claret nos ensina a “puxar a barra do manto” de Maria, como filhinhos confiados

Sobre Santo Antônio Maria Claret, gigante espiritual da Igreja, os biógrafos nos contam uma infinidade de fatos ligados à sua devoção ardentíssima a Nossa Senhora. Ele é, afinal, um dos maiores santos marianos que já existiram e, desde pequeno, já nutria um grande amor e piedade para com Maria.

Confira o seguinte relato de uma das suas biografias:

Sendo ainda jovem leigo, teve ele de fazer uma viagem na companhia de um bom cavalheiro, o qual observou os claros sinais de devoção mariana de que dava mostras o jovem Claret tanto nas conversas quanto na conduta.

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...