MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


quinta-feira, 19 de março de 2015

ACIMA DE TUDO, SEGUIR A VONTADE DE DEUS!

Santo Afonso de Ligório

Numa palavra, que mais deseja Deus que não seja nosso bem? Quem acharemos, nós, que nos ame mais do que Deus?

A Sua vontade é não só que ninguém se perca, mas que todos se façam Santos e sejam salvos: “Não querendo que alguém pereça, mas que todos se arrependam”. (S. Pedro 2,9) “A Vontade de Deus é a vossa santificação”. (1 Thess. IV, 3)

Deus tem colocado a Sua própria glória no nosso bem porque sendo em sua essência Infinita Bondade, como diz S. Leão, e a bondade sendo por sua natureza desejosa de comunicar-se, Deus tem o soberano desejo de nos fazer participantes de seus bens e felicidade.

E se nos manda as tribulações nesta vida, manda-as todas para nosso bem: “Tudo coopera para bem nosso”. (Rom. VIII, 28)

Os mesmos castigos, dizia Santa Judith, não vêm para nossa ruína, mas para nossa emenda e salvação. Acreditemos, pois, que estes flagelos do Senhor acontecem para nossa emenda, e não para nossa destruição. (Judith VIII, 27)

Nosso Senhor, para nos salvar das eternas penas, cerca-nos com sua bondade: “Ó Senhor, Tu nos tem coroado com um escudo da Tua Vontade” (Ps. V, 13) Ele não só deseja, mas solicita o nosso bem: “O Senhor é zeloso em meu benefício” (Ps. XXXIX, 18)

E qual será a coisa, diz São Paulo, que Deus nos negará, Ele que nos deu o seu próprio Filho?Ele que não poupou o Seu Unigênito, mas que entregou por nós à morte, não nos deu com Ele todas as coisas? (Rom. VIII, 32)

Com confiança, portanto, devemos nos resignar aos divinos decretos e determinações, como sendo tudo para nosso bem: “Em paz, na mesma paz dormirei e descansarei porque tu, ó Senhor, me tens seguramente inspirado esperança”. (Ps. IV . 9,10)

Entreguemo-nos, pois, em suas mãos, porque Ele sem dúvida terá cuidado de nós: ponde todo vosso cuidado n’Ele, porque Ele tem cuidado de vós. (I. S. Pedro. V. 7)

Pensemos pois em Deus e no cumprimento de sua Santa Vontade, para que Ele pense em nós e no nosso bem.

“Filha, disse o Senhor a Santa Catarina de Sena, pensa em mim, para que eu pense sempre em ti”. Digamos frequentemente com a sagrada Esposa: “O meu Amado é para mim, e Eu para Ele”. ( Cont. II. 16) O meu Amado pensa no meu bem, e eu só devo pensar em agradar-Lhe, e unir-me em tudo à Sua Santa Vontade.

O santo abade Nilo disse, que não devemos rogar a Deus para conseguirmos o que desejamos, mas sim para que em nós se cumpra a sua vontade.

E quando a adversidade nos persiga, aceitemo-la das mãos de Deus, não só com paciência, mas com alegria, segundo o exemplo dos Apóstolos, que saíram da presença do conselho, alegrando-se de serem dignos de padecer opróbrios pelo nome de Jesus Cristo. (At. V. 41)

Qual pode ser a maior felicidade da alma, do que saber, quando sofre qualquer tribulação, que sofrendo de boa vontade, se torna sobretudo agradável a Deus?

Os escritores sobre a vida espiritual nos dizem que, ainda que se Deus se apraz com o desejo que algumas almas tem de sofrer por Ele, e de Lhe agradar, muito mais Lhe é agradável a uniformidade daqueles que nem desejam gozar nem sofrer, mas que inteiramente se resignam à sua santa vontade, desejando somente cumpri-la.

Se desejais agradar a Deus, e viver feliz no mundo, uni-vos sempre em todas as coisas à vontade divina. Refleti que todos os vossos pecados, a amargura da vossa vida passada tem procedido de vos afastardes da vontade de Deus.

Abraçai, pois, daqui em diante a vontade divina, e dizei sempre em qualquer acontecimento:“Assim seja, meu Pai, porque assim é agradável à Tua vista”. (S. Marc. XI. 26)

“Quando vos inquieta um caso adverso, pensai-vos que foi mandado por Deus, e dizei imediatamente. Mudo fiquei e não abri a boca, porque Vós o tendes feito” (Ps. XXXVIII. 10) “Senhor, pois que Vós assim o fizestes, eu nada digo, e o aceito”.

A este fim deveis dirigir todos os vossos pensamentos e orações, procurar rogar a Deus na meditação, na Comunhão, nas visitas ao Santíssimo Sacramento, para que vos auxilie a cumprir a Sua vontade.

E mesmo oferecendo-vos a Ele dizendo: “Ó meu Deus, eu aqui estou: faça-se em mim, e em tudo o que me pertence, o que for mais do Vosso agrado”.

Era esta uma constante prática de Santa Teresa: pelo menos se oferecia esta santa cinquenta vezes no dia, para que Ele se dignasse dispor dela, como melhor Lhe agradasse.

*   *   *

Fonte: “Trato da conformidade com a vontade de Deus” – Santo Afonso de Ligório

Fonte: Associação apostolado do Sagrado Coração de Jesus

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...