MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

OBRA DA CARNE–Bebedice

Outra obra da carne: Bebedice
A bíblia diz para não nos embebedarmos, havendo uma linha bastante tênue entre nosso limite e a embriaguez. Na visão da Igreja Bola de Neve, não há a possibilidade de beber nem uma gotinha de álcool. Em primeiro lugar, não devemos ser rebeldes, desobedecendo essa visão da igreja da qual fazemos parte, incorrendo, assim, no pecado de feitiçaria. Além disso, a maioria dos membros, digamos que 99%, já tiveram problemas com álcool, por isso, os irmãos que nunca tiveram esse tipo de problema não devem beber para não escandalizar os demais e servir de pedra de tropeço.
“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de DEUS. Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de DEUS. Como também eu em tudo agrado a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que assim se possam salvar.” (1 Coríntios 10: 31-33)
Aqueles que nunca tiveram problemas com álcool, não devem beber pelos seguintes motivos: por amor a DEUS, por amor ao próximo e para não estar em rebeldia contra a igreja e, consequentemente, contra DEUS.
O vinho é a única bebida citada na bíblia. A palavra vinho na bíblia tem duas origens: suco de uva ou suco de uva fermentado, através de um processo natural de transformação de certos açúcares em álcool etílico. Por esse último tipo, temos o exemplo de Noé que foi vencido por sua embriaguez, quando ficou nu diante de seus filhos – Gênesis 9 – temos, em contrapartida, o exemplo maravilhoso de JESUS, que transformou água em vinho, aquele primeiro tipo citado – suco de uva somente, conforme descrito em João 2.
Sendo assim, nem sempre o vinho citado na bíblia é o alcoólico, mesmo porque, na época em que a bíblia foi escrita, existia somente a fermentação natural, sem o acréscimo de álcool, como é feito hoje pelas indústrias, que acrescentam álcool em seus produtos, elevando o teor ao extremo. Pela lei judaica, o suco de uva, por sofrer o processo de fermentação natural, deveria ser diluído em água, a uma proporção de três ou quatro partes de água para uma de vinho, provocando a volta à característica do suco antes de sua fermentação natural. Vemos, então, há uma duplicidade da palavra “vinho” na bíblia, que tanto pode relacionar-se ao fermentado, quanto ao natural, assim como hoje, as pessoas usam frases do tipo: “Vamos beber!”, servindo-se da palavra “Beber” para expressar “bebidas alcoólicas”, como cerveja, por exemplo.
Ao entrar na corrente sanguínea, o álcool gera algumas consequências, tais como: perda do domínio próprio, a descaracterização de personalidade, perda do juízo e do temor, a perda de habilidades motoras, dentre outras. Obviamente que não é DEUS quem está agindo e, sim, o próprio satanás.
“Para quem são os ais? Para quem os pesares? Para quem as pelejas? Para quem as queixas? Para quem as feridas sem causa? E para quem os olhos vermelhos? Para os que se demoram perto do vinho, para os que andam buscando vinho misturado. Não olhes para o vinho quando se mostra vermelho, quando resplandece no copo e se escoa suavemente. No fim, picará como a cobra, e como o basilisco morderá. Os teus olhos olharão para as mulheres estranhas, e o teu coração falará perversidades. E serás como o que se deita no meio do mar, e como o que jaz no topo do mastro. E dirás: Espancaram-me e não me doeu; bateram-me e nem senti; quando despertarei? aí então beberei outra vez.” Provérbios 23:29-35
Uma outra informação importante: a bebida alcoólica é usada nos terreiros de umbanda e candomblé como alimento de entidades demoníacas. Portanto nós não vamos ingerir o mesmo alimento dos demônios, isto é, a bebida alcoólica.
“Não podeis beber do cálice do SENHOR e do cálice de demônios; não podeis participar da mesa do SENHOR e da mesa de demônios. Ou provocaremos zelos no SENHOR? Somos, porventura, mais fortes do que ele? Todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. Ninguém busque o proveito próprio, antes cada um o de outrem.”
(1Coríntios 10.21-24)
Nas bebedices podemos incluir o uso de qualquer tipo de entorpecente ou droga usada para alterar o humor, trazendo a falsa sensação de bem-estar. O ESPÍRITO SANTO deve ser a única fonte de toda alegria, mansidão e bom humor em nossas vidas!

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...