MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


quinta-feira, 25 de maio de 2017

TRÊS RENÚNCIAS DE UM CANSAGRADO A MARIA

Conheça três coisas que um consagrado a Virgem Maria deve renunciar ou, pelo menos, evitar e alguns critérios de decisão para a nossa vida espiritual.

Um consagrado a Santíssima Virgem Maria deve renunciar a algumas coisas ou, pelo menos, evitá-las e, para ajudar nisso, trazemos três casos concretos, que podem ser muito úteis para nossa vida espiritual.

São Luís Maria Grignion de Montfort nos ensina, no seu precioso livro “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”, que a consagração torna a nossa alma “corajosa para se opor ao mundo em suas modas e máximas”[1]. Isso significa que, enquanto consagrados, devemos nos opor às modas e máximas do mundo e que recebemos as graças necessárias para isso.Conheça três coisas que um consagrado a Virgem Maria deve renunciar ou, pelo menos, evitar e alguns critérios de decisão para a nossa vida espiritual.

Nos doze dias preliminares de preparação para a consagração, empregamos pelo menos doze dias de oração pedindo a graça de nos desapegar do espírito do mundo, que é contrário ao de Jesus Cristo[2]. No entanto, depois de nos consagrar a Jesus e a Maria, permanecemos com muitas dúvidas: o que concretamente devemos renunciar? O que devemos evitar? Podemos ouvir músicas do mundo? O que o consagrado não deve ter? Podemos tomar bebidas alcoólicas? Por isso, neste artigo, trataremos dessas três coisas do mundo que deveríamos nos desapegar completamente ou, pelo menos, evitar e, por fim, de alguns critérios gerais de discernimento para nossa vida espiritual.

O consagrado pode ouvir músicas do mundo?

Em nosso tempo, há uma variedade enorme de estilos e gêneros musicais. Sendo assim, seria injusto colocarmos tudo no mesmo pacote e dizer que não devemos, de modo algum, escutar músicas mundanas. Pois, há músicas que, apesar de não serem religiosas, a letra não tem nada de errado do ponto de vista moral e a música é aceitável quanto à harmonia, ao ritmo e à melodia. Isso torna esse tipo de música aceitável. Mas, isso não significa que seja o mais recomendável. O mais indicado é que evitemos as músicas mundanas, já que a maioria de nós não tem o conhecimento necessário para avaliar satisfatoriamente as músicas antes de ouvi-las.

Há músicas que são incompatíveis para nós que somos consagrados ou desejamos nos consagrar a Virgem Maria. Trata-se daquelas músicas que são claramente apelativas, que incitam ao materialismo, ao sentimentalismo, ao sexo, à violência, às drogas. Estas certamente devem ser as primeiras e serem excluídas de nossas playlists. Com o tempo, a intimidade com Jesus e com Maria aumentará e isso nos ajudará a perceber que outras músicas também que podem ser prejudiciais à nossa vida espiritual e a nos desapegar delas.

Quais são as coisas que o consagrado não deve ter?

São Luís Maria diz que os verdadeiros discípulos de Jesus Cristo andarão na pobreza, na humildade, e no desprezo do mundo[3]. Sendo assim, tudo o que se opõe à pobreza e à humildade e está em conformidade com o espírito do mundo, deve ser evitado.

O luxo e a ostentação nas roupas, nas joias, nos carros, nas motocicletas, nas propriedades, que são muito comuns especialmente entre os ricos, famosos e mundanos, deve ser evitado.

Quanto às roupas, há um agravante que devemos considerar com bastante atenção. Nas últimas décadas, presenciamos uma transformação radical no modo de vestir das pessoas. Em nossos dias, roupas que no final do século passado eram imorais até mesmo para prostitutas, são consideradas normais e fazem parte do guarda-roupa de não poucas mulheres, até mesmo entre as católicas. Roupas decotadas, curtas, coladas ao corpo, sensuais, devem ser evitadas ou, preferencialmente, retiradas do vestuário das consagradas a Virgem Maria. A mundanização atingiu até mesmo o vestuário dos homens, que usam cada vez mais roupas que se assemelham às femininas, apertadas, sensuais. Estas também devem ser evitas ou até mesmo banidas por nós, que somos consagrados a Santíssima Virgem.

Os consagrados podem tomar bebidas alcoólicas?

Tomar bebidas alcoólicas em si não é pecado. Mas, o abuso do álcool constitui-se pelo menos pecado venial. Mas, as pessoas que consomem bebidas alcoólicas e perdem o uso da razão ou, em estado de embriaguez, põe em risco a segurança alheia e a própria, seja nas estradas, no mar ou no ar, tornam-se gravemente culpáveis[4].

Tomando por base os ensinamentos da Igreja a respeito do uso da bebida alcoólica, consideramos que o consumo moderado é moralmente aceitável para os consagrados a Virgem Maria. No entanto, particularmente aquelas pessoas que foram alcoólatras e correm o risco de voltar ao vício não devem fazer o uso de bebidas alcoólicas. Como critério geral, o abuso do álcool deve ser evitado a todo custo.

As pessoas consagradas que são chamadas a uma particular perfeição de vida podem renunciar até mesmo o uso moderado de bebidas alcoólicas, apesar de moralmente aceitável, como forma de penitência, sacrifício, mortificação.

Critérios de discernimento para os consagrados

Nos três casos acima ou em outras situações, por vezes, não conseguimos discernir qual é a melhor atitude a tomar. Nessas situações, nem sempre temos alguém que possa nos orientar, um bom diretor espiritual para nos ajudar a tomar decisões. Nesses casos, há algumas atitudes que podemos tomar.

Primeiramente, podemos pedir que a Virgem Maria, enquanto nossa Mãe e Mestra, que nos inspire qual é a melhor atitude a tomar. Pois, ela nos conhece melhor do que nós mesmos. Sendo assim, saberá nos orientar, conforme as nossas necessidades particulares e a fase espiritual em que nos encontramos.

Em segundo lugar, podemos nos perguntar: como Nossa Senhora agiria em meu lugar? Ela ouvia a música que quero ouvir? As mulheres podem se perguntar: a Virgem Maria se vestiria com as roupas que desejo usar? Os homens podem se questionar: ela gostaria que eu usasse essas roupas? Nós podemos ainda lhe perguntar: a Santíssima Virgem aprovaria que eu bebesse moderadamente? Ou devo renunciar completamente à bebida?

Por fim, recomendamos que todo esse discernimento seja feito em estado de graça, ou seja, não devemos ter pecado mortalmente desde a nossa última Confissão. Este estado de amizade e de comunhão com Deus ajudará muito em nosso discernimento. Pois, Deus e a Virgem Maria mais facilmente terão acesso ao nosso interior e nos inspirarão as decisões mais acertadas para nossa vida espiritual.

Links relacionados:

TODO DE MARIA. A consagração, o uso do véu e a modéstia.

TODO DE MARIA. A missão das famílias na Igreja e no mundo.

TODO DE MARIA. As modas do mundo e a perdição dos cristãos.

Referências:

[1]  SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, 109.

[2]  Cf. idem, 227.

[3]  Cf. idem, 59.

[4]  PAPA SÃO JOÃO PAULO II. Catecismo da Igreja Católica, 2290.

Fonte: Todo de Maria

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...