MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


quarta-feira, 7 de maio de 2014

CRIAÇÃO OU EVOLUÇÃO? CRIADO OU EVOLUÍDO?


Evolution_CreationA Bíblia ensina que Deus criou o universo e tudo o que nele há. A teoria da evolução ensina que o homem é produto do desenvolvimento das formas mais simples de vida em formas mais complexas e tudo se deu ao acaso. Tal como uma máquina que por si mesma se constrói. A teoria da evolução descarta a necessidade de um Criador inteligente ou de um Designer Mestre.

Pode parecer algo bastante atraente a teoria de que aquelas formas de vida mais simples se tornaram formas mais complexas, entretanto ela não se sustenta. O que se segue abaixo exemplifica as grandes falhas da teoria da evolução:

1. Crer na evolução viola a Primeira Lei da Termodinâmica, a lei da conservação da energia, que estabelece que a energia pode ser convertida de uma forma a outra, mas não pode ser criada ou destruída.

Nada na organização atual da lei natural pode dar conta de sua própria origem. A energia necessária para uma evolução inovadora, por exemplo, um peixe que desenvolva pernas para se arrastar para fora de uma lagoa, transgride esta lei inviolável da física. A estrutura atual do universo é de conservação. O modelo criacionista está de acordo com a perspectiva bíblica de mundo de que Deus criou o universo. Uma vez que Deus cessou suas obras de criação (Gên.2:3), a energia não é mais criada. A liberação de energia em uma reação de divisão do núcleo atômico não é uma criação de energia, mas uma mudança da matéria em energia.

2. Crer na evolução viola a Segunda Lei da Termodinâmica, a lei da dissipação da energia.

A energia disponível para trabalho útil em um sistema funcional tende a dissipar-se, embora a energia total permaneça constante. Sistemas estruturados progridem de um estado mais ordenado e complexo para um menos ordenado, desorganizado e aleatório. Este processo é conhecido como "entropia".

Teoricamente em uma situação rara, limitada e temporária poderia acontecer no final um estado mais ordenado. Mas, de acordo com esta lei, todos os sistemas se movem rumo à deterioração. A evolução viola directamente a segunda lei da termodinâmica.

Os evolucionistas estão conscientes disso e por esta razão precisam de biliões de anos de violações frequentes da segunda lei da termodinâmica. Estatisticamente a evolução não é apenas altamente improvável, mas virtualmente impossível.

3. A evolução viola a Lei da Biogénese de que a vida vem apenas de uma vida pré-existente e apenas perpetua sua própria espécie.

Crer na evolução é essencialmente uma crença na "geração espontânea" onde em um cenário a vida apareceu quando um raio golpeou algo denso e de alguma maneira uma célula viva se formou.

Pasteur (1860), Spallanzani (1780), e Redi (1688) refutaram que as larvas podem vir de carne em decomposição, moscas de cascas de banana, abelhas de bezerros mortos (etc...). Quando a matéria deteriorada foi selada e pré-esterilizada nenhuma vida surgiu já que não houve contaminação biológica.

4. Não existe prova alguma no registro fóssil que confirme a evolução.

De acordo com a teoria geral da evolução a progressão básica da vida culminando no homem era: matéria inerte, protozoários, metazoários invertebrados, peixes vertebrados, anfíbios, répteis, pássaros, quadrúpedes com pêlo, símios e homem.

Se a teoria da evolução fosse precisa esperaríamos encontrar uma vasta quantidade de formas de transição objetivamente preservadas em registros fósseis.

As formas transitórias são totalmente ausentes dos registros fósseis existentes. Acreditou-se certa vez que o Archaeopteryx era uma forma transitória de vida, mas desde que foi conhecido pelos paleontólogos verificou-se que na verdade tratava-se de uma ave real.

Os evolucionistas, cientes desta falha evidente em seu sistema de crença, agora argumentam que os fósseis não estão presentes porque houve breves "explosões evolutivas" durante bilhões de anos as quais, por causa da rapidez e brevidade, não deixaram marcas (como impressões digitais) no tempo.

Apesar da crença na "explosão evolutiva", ela ainda não encontra suporte nem na Primeira, nem na Segunda Lei da Termodinâmica e, tampouco, na Lei da Biogênese.

5. Os registos fósseis falharam ao documentar um simples e verificável "elo perdido" entre o símio e o homem.

São inúmeras as compilações sobre evidências superficiais, e imprecisas, construções altamente especulativas e interpretações de artistas, entretanto não existe uma prova científica sequer documentando um elo perdido. "Achados positivos" de um elo perdido são periodicamente anunciados apenas para serem subsequentemente confundidos em controvérsias revistas ou desmentidas.

O homem de Nebraska foi reconstruído baseado na descoberta em 1922 de um simples dente que pertencia a uma espécie extinta de porco.

Em 1891 o homem macaco de Java ou Pithecanthropus erectus (homem macaco erecto) foi reconstruído baseado num pequeno pedaço do topo de um crânio, um fragmento de um osso da coxa esquerda e três dentes molares.

Os vestígios foram colectados num raio de extensão de 21.3 metros dentro de um velho leito de rio misturado com ossos de animais extintos. Sem provas suficientes de que todos os ossos encontrados pertenciam ao mesmo animal um suposto elo perdido foi encontrado com evidências insuficientes.

Dr. Eugene Dubois, um evolucionista fervoroso, mais tarde chegou à conclusão de que os ossos eram os resquícios de algum tipo de gibão (macaco grande da Malásia, do género Hylobates).

Em 1912 Charles Dawson, um fossiologista amador produziu alguns ossos, dentes e instrumentos primitivos os quais ele supostamente encontrara em uma jazida de cascalho em Piltdown, Sussex, Inglaterra.

Em Outubro de 1956 a revista Reader’s Digest publicou um artigo, retirado da revista Popular Science Monthly, intitulado “O Grande Engano de Piltdown” (The Great Piltdown Hoax). Um novo método de absorção de fluoreto para datar os ossos revelou que os ossos de Piltdown eram fraudulentos.

Os dentes tinham sido limados e tanto eles quanto os ossos tinham sido descorados com bicromato de potássio para ocultar a verdadeira identidade. Todos os "experts" haviam sido enganados por mais de quarenta anos.

Por muitos anos o Homem de Neanderthal foi considerado um elo perdido. Ele foi retratado como uma criatura peluda, semi-ereta, contorno alterado do tórax, mais freqüentemente com um porrete nas mãos. Outros esqueletos de Neanderthal revelaram que o Homem de Neanderthal era completamente erecto, totalmente humano, com uma capacidade cerebral superior a do homem moderno em até 13%. Concluiu-se que a espécie inicial tinha sido mutilada pela ósteo-artrite (afecção inflamatória das articulações) e raquitismo. Hoje o Homem de Neanderthal é considerado Homosapiens.

Henry Morris em seu livro "A Criação e o Cristão Moderno" (Creation And The Modern Christian -Master Book Publishers, El Cajon, California, 1985) chama atenção para:

Se a evolução fosse algo verdadeiro, então os vários estágios da evolução humana deveriam ser os mais bem documentados de todos, já que o homem é supostamente a mais recente chegada evolutiva e porque existem muito mais pessoas investigando neste campo e procurando por evidências de fósseis do que em qualquer outro. Apesar disso, como foi destacado acima, a evidência atual é ainda extremamente fragmentária e bastante duvidosa. Contudo, é um assunto de fortes disputas entre os antropólogos evolutivos exactamente quais fósseis hominídeos podem ser ancestrais do homem, como também quando e em que ordem.

Ele aponta que o tão ansiado ancestral comum do homem e dos macacos, especialmente o "Australopithecus" incluindo o famoso "Lucy", agora parece que, todavia vive na forma de um chimpanzé pigmeu conhecido como "bonono". O "bonono" é um habitante das florestas do Zaire e é "quase idêntico em tamanho de corpo, estatura e tamanho do cérebro" à Lucy, supostamente o fóssil hominídeo mais antigo ( Science News , February 5, 1983, p.89).

6. A evolução falha ao explicar a existência de uma "célula simples".

Os organismos unicelulares mais simples têm em seus genes e cromossomos tantos dados quanto existem documentos escritos nas maiores bibliotecas do mundo – um trilhão de documentos.

Existem centenas de milhares de genes em cada célula. A maioria das formas de vida tem bilhões de células de grande complexidade em perfeita ordem. Não há razão em se dizer que o acaso pode organizar dados tão sólidos. A possibilidade matemática de um corpo humano ser formado acidentalmente é a mesma de uma explosão em uma gráfica formar um dicionário.

Sir Fred Hoyle, um homem ateu e que deu origem à teoria do "universo infinito e em constante expansão", crê que as probabilidades de que o acaso tenha formado a vida na terra são tão pequenas que podem ser comparadas à possibilidade que "um tornado atravessando um depósito de ferro velho tem de montar um Boeing 747 com as peças em seu interior" ("Hoyle on Evolution," Nature , Vol. 294, Nov. 12, 1981, p.105).

Hoyle e Chandra Wickramasinghe, uma astrônoma matemática, calcularam a probabilidade de que a vida surgisse espontaneamente em qualquer lugar do universo num raio de 15 bilhões de anos luzes e pelo menos 10 bilhões de anos de idade. Eles descobriram que a chance de que esta probabilidade ocorra é menos de uma em 1 com trinta zeros.

Sir Fred Hoyle e a Dra. Wickramasinghe chegaram relutantemente à conclusão de que a vida deve ter sido criada por uma Inteligência Superior (um tipo de inteligência panteísta que criou os esporos por alguma razão em outras partes do universo os quais foram arrastados para a terra) já que é de extrema complexidade terem surgido pelo processo natural.

Sir Fred Hoyle faz outra comparação pitoresca usando uma criatura peluda apreciada pelos evolucionistas:

Não importa quão grande seja o meio ambiente que alguém considere, a vida não pode ter tido um começo ao acaso. Um bando de macacos trovejando sobre as teclas de uma máquina de escrever não conseguiria produzir as obras de Shakespeare, pela prática razão de que todo o universo observável não é grande o suficiente para conter as hordas de macacos necessários, bem como as máquinas e certamente nem os cestos de papel para o lixo produzido pelas tentativas equivocadas. O mesmo se aplica aos materiais vivos. (p.148).

Os homens percorrerão grandes distâncias para organizarem em bases eficientes que não há um Designer pessoal do Universo que inteligentemente formou toda a vida. Só para os dados gerais e superficiais fornecidos por este site na web, se requer muito mais fé para acreditar na evolução do que para se crer num Criador Inteligente. A evolução é uma teoria sem evidência científica que a fundamente.

É uma fé vazia para aqueles que não querem crer em Deus e deveria ser ensinada como religião. Uma religião que inspirou Karl Marx a desenvolver sua teoria de luta de classes e influenciou Adolf Hitler com sua raça ariana evoluída e superior. Muitos foram sacrificados por causa de suas visões utópicas, cruéis e amorais.

A evolução é um sistema de crença que olha para um feto como um embrião de animal sem o direito à vida e não o vê como criação de Deus. Como Davi escreveu no Salmo 139:13:

"Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem".

Por Alis Moreira [PT-BR]

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...