MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


segunda-feira, 2 de novembro de 2015

DIA DE FINADOS–ORIGEM

A data é fixa e será sempre celebrada no dia 2 de novembro.

 

Dia de Finados

No dia 2 de novembro, feriado nacional, comemora-se em todo o Brasil o Dia de Finados, data em que os mortos são lembrados e homenageados. Na cultura brasileira, parentes visitam o túmulo dos mortos da família levando flores e acendendo velas; já os fiéis, também rezam em sua memória.

 

Origem

O costume de homenagear os falecidos remonta ao ano de 998, quando o abade francês São Odílio de “Cluny” decretou que todos os mosteiros de sua circunscrição orassem pelos mortos1, conhecidos ou desconhecidos, religiosos ou leigos. O decreto virou tradição, tornando-se cada vez mais popular, até que, no século XIII, o dia 2 de novembro foi escolhido como a data oficial da celebração2.

O Dia de Finados é celebrado logo após o Dia de Todos os Santos, em 1° de novembro. Se o primeiro dedica-se a homenagear os que já se foram, o segundo festeja os santos que morreram em estado de graça, mas que não foram canonizados3.

Na tradição católica, os mortos são lembrados por meio de leituras e cânticos realizados durante as missas. A morte não é vista como o fim, mas como a passagem entre a vida humana e a vida eterna. As culturas da Umbanda e do Candomblé também festejam seus mortos, sendo a morte também um tipo de passagem. No Dia de Finados, é realizado um ritual chamado mesa de conforto, com velas, areia do mar, flores brancas e a ladainha dos defuntos. Já os espíritas não realizam homenagens aos mortos, por considerarem que o que morre é somente o corpo, sendo que o espírito permanece vivo. Judeus não comemoram a data; a vida dos que foram fica na lembrança. Evangélicos também não festejam os mortos, sendo que a vida é valorizada durante a vida. No Islamismo, há a crença de que Allah criou o mundo e devolverá a vida a todos os mortos no Dia do Juízo Final. Por outro lado, não há o hábito de celebrar os mortos1.

Uma das festas mais populares dedicadas aos mortos acontece no México, entre 31 de outubro e 2 de novembro. As famílias dos falecidos preparam um verdadeiro banquete, com uma grande variedade de comidas e bebidas. De tão expressiva, a celebração foi considerada patrimônio cultura da humanidade pela Unesco4.

 

Referências

  1. FRANÇA, Carla. O fim da vida visto pelas religiões. Disponível emhttp://tribunadonorte.com.br/noticia/o-fim-da-vida-visto-pelas-religioes/130096, visto em 09/04/2015.
  2. BARCINSKI, André. Dia de Finados é celebrado em diferentes países; saiba a origem a data. Disponível em http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/2013/11/1365586-dia-de-finados-e-celebrado-em-diferentes-paises-saiba-a-origem-da-data.shtml, visto em 09/04/2015.
  3. TORIBIO BRITTES LEMOS, Maria Teresa. A doce vida dos mortos. Disponível emhttp://defender.org.br/artigos/mexico-a-doce-vida-dos-mortos/

Fonte: Calendário

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...