MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


segunda-feira, 14 de abril de 2014

QUANDO A ARTE É CATECISMO: Passio Domini - Mestre Hans Memling - 1471

Toda a beleza da Arte Sacra na narração da Paixão de Cristo pelo pintor alemão Hans Memling, em tela de 1471: 
clique para ver melhor
A obra foi encomendada pelo florentino Tommaso Portinari, um banqueiro de Bruges a serviço dos Medici, e pela esposa Maria Baroncelli, retratados em baixo, nos dois lados da pintura: ele à direita e ela, à esquerda.
A obra é excepcional porque, na mesma imagem, o pintor representou simultaneamente todos os episódios da última fase da vida de Cristo, desde a entrada em Jerusalém até à aparição no Lago Tiberíades.
A cidade de Jerusalém domina a composição, que ganha um ar oriental por causa das inúmeras torres e cúpulas. No conjunto, todavia, o aspecto é de uma típica cidade do Quatrocentos tardio do Norte europeu, assim como vários outros elementos, desde particulares decorações às vestes das personagens, aos adornos dos cavalos, tudo isso “atualiza” a narração evangélica, transportando a Antiguidade para o Quatrocentos.
Tudo é concebido como uma representação teatral, na qual o elemento arquitetônico serve de fio condutor para conferir unidade aos diversos momentos da narração. É como se estivéssemos diante de uma grandiosa cenografia formada pode diferentes palcos, sobre cada um dos quais se desenrola simultaneamente cada episódio da última parte da vida de Jesus.
Lugares distantes e próximos, externos e internos, as diversas horas do dia e da noite são apresentados simultaneamente com um extraordinário efeito de unidade, como se uma inteira cidade e seus arredores se abrissem diante de nossos olhos no tempo e no espaço.
A obra se “lê” a partir do ângulo superior esquerdo:

  • Sobre um fundo de um sugestivo vislumbre de uma paisagem atravessada por um riozinho, vemos Jesus fazer seu ingresso triunfal em Jerusalém.
  • Caminhando com o olhar para a direita, vemos Cristo expulsando os vendilhões do Templo.
  • Logo abaixo, à esquerda, Judas Iscariotes que vende Jesus aos sacerdotes.
  • Descendo o olhar mais à esquerda, observamos a Última Ceia.
  • Imediatamente abaixo, Jesus reza no Horto do Getsêmani, enquanto os Apóstolos dormem.
  • Abaixo, o beijo de Judas, a captura de Jesus, Pedro que corta a orelha de Malco.
  • Subindo, em diagonal, à direita, encontramos a figura solitária de Pedro, em ato de arrepender-se por ter renegado Jesus; notamos, abaixo, umpavão: na tradição cristã, o símbolo da imortalidade. Em base na crença pela qual o pavão perde todos os anos, no outono, as penas que renascem na primavera, a ave se tornou símbolo do renascimento espiritual e, portanto, da ressurreição. Além disso, seus “mil olhos” são considerados símbolos da onisciência de Deus.
  • No centro da pintura, vemos, um do lado do outro, quatro momentos fundamentais da Paixão: Jesus diante de Caifás, a flagelação, a coroação de espinhos e Pilatos que apresente Jesus à multidão: Ecce homo.
  • Descendo, vemos a procissão saindo de uma porta da cidade levando Cristo ao Calvário.
  • O próximo episódio, à direita, é a caída de Jesus com o Cirineu que o ajuda a levantar a cruz. No canto, a senhora Maria Baroncelli, de joelhos, com as mãos em oração.
  • Subindo o olhar, vemos à frente da procissão os dois ladrões seminus, com as mãos atadas atrás das costas.
  • A procissão desaparece aqui, para aparecer logo acima, à esquerda, com os últimos momentos da Paixão que acontecem em três diferentes colinas:
  • Vemos Jesus enquanto é pregado à cruz.
  • Mais ao alto, à esquerda, as três cruzes erguidas contra um céu tempestuoso, onde se distingue um soldado a cavalo, talvez o futuro São Longuinho e sua lança. À direita, um grupo que parece ser de soldados jogando aos dados as vestes de Cristo. Aqui temos o “Consummatum est”. Vemos também o sofrimento de Maria, Sua Mãe.
  • E, por fim, mais à direita, na última e mais distante colina, a deposição da cruz, com as mulheres amparando a Virgem.
  • Descendo em diagonal, olhando ainda à direita, vemos Jesus envolto no sudário, enquanto é colocado no sepulcro.
  • Logo depois, à direita ainda, Jesus ressurge, com os guardas adormecidos a seus pés.
  • Descendo, ainda à direita, vemos Jesus no limbo, buscando as almas que ressuscitarão com Ele.
  • Subindo com o olhar, à direita, acima do Cristo ressurgido,  vemos Jesus aparecer a Madalena.
  • Olhando para cima, à esquerda, vemos a aparição de Jesus aos discípulos a caminho de Emaús.
  • Por fim, no canto superior direito, ao longe, sob um céu azulzinho, vê-se Jesus aparecendo no lago Tiberíades.
VIDE A SEQUÊNCIA: (todas as imagens são ampliáveis)
Vale a pena imprimir para meditar sobre a Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo. 


DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...