MENU

AVE MARIA

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco Bendita sois vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

Menu Deslizante

Páginas

OLÁ!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/1/8/8/9/3899881_962d3.gif


segunda-feira, 30 de novembro de 2015

A EUCARISTIA NUTRE A VIDA SOBRENATURAL

"Todo efeito que o alimento produz na vida corporal, a Eucaristia produz na vida sobrenatural", ensina São Tomás. Vejamos como um famoso teólogo, Frei Ferdinand- Doratien Joret OP, discípulo do Doutor Angélico, desenvolve esta belíssima verdade de fé.

No discurso feito após a multiplicação dos pães, Nosso Senhor afirma com insistência que Ele é o Pão da Vida: "Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. Este é o pão que desceu do céu (...) Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo. (...) Minha carne é verdadeiramente uma comida" (Jo 6,49-55).

domingo, 29 de novembro de 2015

A DEVOÇÃO DO AMOR

Amar e ser amado! Uma questão que se impõe aos homens de todas épocas. Há vários tipos de amores. Amor humano, amor divino. Fomos amados primeiros afirma o apóstolo do amor: São João.

Uma devoção que traz consigo toda força desse significado é a do Sagrado Coração de Jesus.

Sim! Deus nos amou desde o princípio, pois já existíamos nos planos dEle. Pois como afirma o Monsenhor João Clá, citando São Tomás "O homem pode sentir afeto ou repulsa apenas por objetos cuja existência conhece. Com Deus, entretanto, o fenômeno dá-se de forma diversa. Ele, afirma São Tomás, "conhece todas as coisas, não apenas as que existem em ato, como também aquelas que estão em sua potência ou na potência das criaturas. [...] Seu olhar recai desde toda eternidade sobre todas as coisas, como estão em sua presença".

A nossa criação é uma escolha feita por puro amor, grautitamente. Pois acrescenta o Monsenhor João Clá que no mundo dos possíveis divino,nosso Criador escolheu a cada um em particular, tendo-nos presente em sua Redenção.

Alguém objetaria que uma criatura, assim, seria como Deus, pois existiria desde toda a eternidade. A essa objeção Santo Tomaz explica que "embora as criaturas não tenham existido desde toda a eternidade, senão em Deus, por ter existido em Deus desde toda a eternidade, Ele a conheceu desde toda a eternidade em suas próprias natureza; e por isso mesmo as amou".

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

POR QUE MARIA É MEDIADORA DAS GRAÇAS?

Muitos santos e doutores da Igreja ensinam que Maria é medianeira das graças que descem dos Céus para nós, sendo a principal e mais importante delas, a vinda de Jesus.

Neste vídeo, o Prof. Felipe Aquino explica o motivo dessas graças passarem pelas mãos de Nossa Senhora.

Confira:

 

Fonte: Editora Cléofas

ORAÇÕES À NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

Ó Nossa Senhora das Graças, a quem Deus constituiu Dispensadora de todas as graças, Mãe de todos os homens, nós Te escolhemos como Senhora e Protetora nossa.

 
Ó Nossa Senhora das Graças, a quem Deus constituiu Dispensadora de todas as graças, Mãe de todos os homens, nós Te escolhemos como Senhora e Protetora nossa.

Sê, entre nós, uma presença poderosa, preservando nossas casas de todos os perigos: do incêndio, da inundação, do raio, das tempestades, dos ladrões e de qualquer tipo de malfeitores.

Proteja-nos de todos os males que afligem a humanidade. Abençoa, guarda e defende todas as pessoas que residem em nossa casa.

Sobretudo, concede-lhes viver sempre na graça de Deus, na fraternidade e na paz.

Ó Senhora das Graças, nós Te consagramos, hoje, nossa casa, nossa família, nossos trabalhos, nosso lazer, e Te rogamos bênçãos e proteção.

Assim seja!

SIGNIFICADO DA MEDALHA MILAGROSA

Significados da Medalha Milagrosa

A mulher que esmaga a cabeça da serpente, que é o demônio, já estava predita na Bíblia, no livro do Gênesis: "Porei inimizade entre ti e a mulher... Ela te esmagará a cabeça e tu procurarás, em vão, morder-lhe o calcanhar".

SANTA CATARINA LABOURÉ A VIDENTE DA MEDALHA MILAGROSA

Santa Catarina Labouré A vidente da Medalha Milagrosa

Na pequena aldeia de Fain-les-Moutiers, na Borgonha, nasceu Catarina a 2 de maio de 1806, a nona dos onze filhos de Pedro e Luísa Labouré, honestos e religiosos agricultores.
Na pequena aldeia de Fain-les-Moutiers, na Borgonha, nasceu Catarina a 2 de maio de 1806, a nona dos onze filhos de Pedro e Luísa Labouré, honestos e religiosos agricultores.
Aos nove anos de idade, Catarina perdeu a mãe. Após o funeral, a menina subiu numa cadeira em seu quarto, tirou uma imagem de Nossa Senhora da parede, beijou-a e pediu à Santíssima Virgem que substituísse sua mãe falecida.

SEGUNDA APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS - 27 de Novembro de 1830

Segunda Aparição de Nossa Senhora das Graças 27 de Novembro de 1830

A Segunda aparição aconteceu no dia 27 de Novembro de 1830, sábado antes do primeiro domingo do Advento. Neste dia, estando a venerável irmã na oração da tarde, às 5h30, nessa Capela da Comunidade, à rue du Bac, a Rainha do Céu se lhe mostrou, primeiro, junto do arco cruzeiro, do lado da Epístola, onde hoje está o Altar "Virgo Potens", e depois por detrás do Sacrário, no Altar-mor.

PRIMEIRA APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS - De 18 para 19 de Julho de 1830

 

A primeira aparição ocorreu durante a noite do dia 18 a 19 de julho de 1830. A Virgem Gloriosa apareceu à irmã Catarina Labouré, às onze e meia da noite. Irmã Catarina acordou-se e ouviu claramente chamar por 3 vezes: "Irmã"...

ARARIÇÕES DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

Hoje, 27 de Novembro, é dia de Nossa Senhora das Graças! Assim como sobre a Medalha Milagrosa e Santa Catarina Labouré A vidente da Medalha Milagrosa.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Amém.

 

Aparições de Nossa Senhora das Graças

AS APARIÇÕES marianas são vistas como um sinal da divina Promessa de salvação aos fiéis, e também, muitas vezes, como um prelúdio do Apocalipse. Entretanto, a maioria desconhece que os relatos das visitas especiais da Virgem Maria a este mundo remontam, no mínimo, ao século III, quando Gregório, o Taumaturgo, atestou que Maria lhe aparecera uma noite, acompanhada de João Batista, para introduzi-lo no Mistério da piedade.

A MEDALHA MILAGROSA

Em 1830, Nossa Senhora apareceu três vezes na Casa-mã e das Irmã s da Caridade de São Vicente de Paulo, situada na rue de Bac em Paris, à humilde noviça (agora Santa) Catarina Labouré. É assim que a Santa descreve como lhe foi revelada a Medalha da Imaculada Conceiçã o:

“Os Seus pés repousavam sobre um globo branco… Vi-lhe três anéis de diferente tamanho em cada um dos dedos - o maior perto da base do dedo, o médio a meio e o mais pequeno na ponta - decorados com jóias, umas maiores que as outras… As jóias grandes emitiam raios maiores que as pequenas, e que caíam sobre o globo branco a Seus pés. Não posso expressar… o que vi, a beleza e o resplendor dos raios deslumbrantes… Um halo ovalado formou-se em redor da Santíssima Virgem, dentro do qual estava escrito com letras de ouro: ‘Oh Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós’… Nesse instante todo o quadro pareceu rodar sobre si, aparecendo o verso da Medalha: um M maiúsculo atravessado na parte de cima por uma barra, na qual repousava uma Cruz; debaixo do M estavam os corações de Jesus e de Maria, um coroado de espinhos e o outro trespassado por uma lança. Doze estrelas emolduravam tudo isto. Logo uma voz me disse: ‘Faz uma medalha segundo este modelo. Todos aqueles que a usarem receberão muitas graças; devem usá-la ao pescoço. Serão abundantes as graças para quem a usar com confiança.’ ”

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

PAPA FRANCISCO DIZ COMO FOI A FÉ DE MARIA

O Santo Padre, Papa Francisco, nos ajuda a compreender como foi a fé de Maria e qual o seu efeito em nossas vidas.

O Santo Padre, Papa Francisco, nos ajuda a compreender como foi a fé de Maria e qual o seu efeito em nossas vidas.

O Sumo Pontífice, Papa Francisco, dedicou um encontro a Santíssima Virgem Maria, Mãe de Cristo e da Igreja, e fez uma meditação a partir da pergunta: como foi a fé de Maria? Não há dúvida que Maria foi uma verdadeira mulher de fé. Entretanto, a sua fé foi muito mais do que acreditar e esperar em Deus. A testemunho de fé não somente ilumina nosso caminho espiritual, mas também nos ajuda a entrar na dinâmica do Mistério da Salvação. Nesse sentido, Maria é nossa Mãe na fé por três razões fundamentais: a fé da Virgem Santíssima desata o nó do pecado, da desobediência, da incredulidade, atado por Eva1; a fé da Virgem de Nazaré dá carne humana ao Verbo Eterno, gera o Homem-Deus Jesus Cristo; a fé de Nossa Senhora é caminho, que ela mesma trilhou no seguimento do seu Filho. Estes são os temas propostos pelo Santo Padre para meditarmos sobre como foi a fé da Virgem Maria e qual a ajuda que ela pode nos dar em nosso caminho espiritual.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

QUAL É A ORIGEM DO CULTO AOS SANTOS?

SA admiração pelo testemunho dos mártires levou os primeiros cristãos a venerar suas relíquias e a desejar ardentemente seguir seu exemplo.

Ir. Filipe Sanchez Sacramento, EP

Tarde de festa no anfiteatro de Esmirna, por volta do ano 155 da Era Cristã. Enchia-o uma multidão sequiosa de sangue, na expectativa de assistir a um cruel espetáculo: o martírio de 12 cristãos. No momento aprazado, adentra o santo Bispo Policarpo, ancião de quase 90 anos, sobranceiro ao populacho.

Conduzido ao pro cônsul que presidia o evento, este lhe propôs um meio seguro de livrar-se dos suplícios e da morte: amaldiçoar o nome de Jesus. "Eu O sirvo há oitenta e seis anos, e Ele não me fez nenhum mal. Como poderia blasfemar o meu Rei que me salvou?" - replicou Policarpo.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

NOSSA SENHORA VENCERÁ O TERRORISMO

Foi em uma sexta-feira 13 que Nossa Senhora mostrou a visão do inferno aos três pastorinhos de Fátima. Uma descrição muito parecida com o que aconteceu em Paris no dia 13 de novembro.

Parlamento europeo

Foi em uma sexta-feira 13 que Nossa Senhora mostrou a visão do Inferno aos três pastozinhos de Fátima. Irmã Lúcia relata em suas memórias:

“O reflexo pareceu penetrar a terra e vimos como que um mar de fogo. Mergulhados em esse fogo, os demônios e as almas, como se fossem brasas transparentes e negras ou bronzeadas, com forma humana, que flutuavam no incêndio, levadas pelas chamas que delas mesmas saíam juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, semelhante ao cair das faúlhas em os grandes (incêndios), sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dor e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor (deveu ser ao deparar-me com esta vista que dei esse ai! que dizem ter-me ouvido).

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

PAPA FRANCISCO FAZ DURA ADVERTÊNCIA SOBRE UMA TERCEIRA GUERRA MUNDIAL

"Estes que trabalham a guerra, que fazem as guerras, são malditos, são criminosos", disse o Papa em homilia

De nada adianta um Natal cheio luzes, festas, árvores luminosas, se o mundo continua fazendo guerras. Esta foi a advertência que o Papa Francisco fez hoje em sua homilia em Santa Marta.

O Papa comentou o Evangelho de Lucas em que Jesus se comove e chora sobre Jerusalém. Jesus se aproximou, e quando viu a cidade, começou a chorar. Depois diz: “Se também você compreendesse hoje o caminho da paz! Agora, porém, isso está escondido aos seus olhos”.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

ORAÇÃO PEDINDO INTERCESSÃO À NOSSA SENHORA

“Oramos a ti, Nossa Senhora, nossa esperança. Somos jogados de um lado para o outro pela tempestade dos mares da vida. Que tu, Estrela-do-Mar, nos ilumine e conduza para nosso porto seguro. Assiste-nos com tua presença protetora quando estivermos prestes a partir desta vida, para que mereçamos deixar esta prisão sem medo e alcançar alegremente o reino do júbilo sem fim. Esperamos receber esses favores de Jesus Cristo, a quem tu carregaste em teu ventre bendito e alimentaste em teu santíssimo seio. A ele seja dada toda honra e glória, para todo o sempre. Amém.”

(p.160. Madeline Pecora Nugent. Antônio, Palavras de fogo, vida de luz. Ed.Paulinas.2008).

Fonte: O Diário de Deus

terça-feira, 10 de novembro de 2015

NENHUM PECADOR DEVE DESCONFIAR DA MISERICÓRDIA E AMOR DESTA BOA MÃE, SE A ELA RECORRER

Esquil, jovem fidalgo, foi estudar em Hildesheim por ordem de seu pai. Mas, em vez de estudar, entregou-se a excessos de devassidão. Depois disso, adoeceu seriamente, não lhe restando já esperança alguma de vida. Estando próximo da morte teve a seguinte visão: Viu-se dentro de um quarto cheio de fogo e julgou que se achava num inferno. Pôde, felizmente, sair por um vão e refugiar-se num grande palácio. Lá encontrou, numa das salas, a Santíssima Virgem, que lhe disse: Temerário, como ousas apresentar-te diante de mim? Já e já retira-te daqui e mete-te no fogo que muito bem mereceste!

AS CORRENTES COMO SINAL DA CONSAGRAÇÃO DE AMOR A JESUS CRISTO E A NOSSA SENHORA

As correntes como sinal da consagração de amor a Jesus Cristo e a Nossa Senhora.

As correntes como sinal da consagração de amor a Jesus Cristo e a Nossa Senhora.

Nossa Senhora de La Salette

A popularização da consagração, ou escravidão de amor, a Jesus Cristo e a Nossa Senhora tem causado curiosidade, dúvida e, às vezes, espanto, especialmente pelo uso das “correntes” ou “cadeias”, por parte de numerosos consagrados. Algumas dessas cadeias passam até despercebidas, pois são discretas, simples, sem brilho. Mas, outras chamam a atenção, pois são de ferro, mais grossas. Algumas lembram realmente escravidão e isso, pode causar reações não muito positivas. Tendo em vista que muitas pessoas tem uma visão errada, ou desconhecem o verdadeiro significado, da consagração e do uso das cadeiazinhas, nos colocamos à disposição para responder algumas perguntas. Neste artigo, para tirar dúvidas sobre a consagração, especialmente a respeito do uso das correntes, respondemos algumas perguntas, enviadas por Deniele Simões, do Jornal Santuário de Aparecida:

1) Muitos jovens estão usando correntes como sinal de consagração a Maria. Muitos desses jovens se denominam “escravos” de Nossa Senhora. O que é preciso para ser escravo de Nossa Senhora?

AS 3 TÁTICAS DE SANTA TERESINHA PARA VENCER A TENTAÇÃO

Um ensinamento breve e incrivelmente poderoso para a sua vida espiritual

Thérèse de l'Enfant Jésus<br />santa Teresa del Bambino Gesù

O Pe. Angel Rossi, em seu livro “Teresa de Lisieux: a missioneira, a doutora”, fala sobre as três táticas que Santa Teresinha usava para vencer a tentação:

1. Não ter medo do mal: ela não se acanhava, e sim confrontava o mal com a verdade, ou simplesmente, quando necessário, dava as costas à tentação, matando-a com a indiferença.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

VOCÊ TEM ZELO PELA ORAÇÃO?–Parte II

Aqui, bons motivos para ter!


O segundo que à esposa de Deus é necessário na oração é a ação de graças,
Isto é, que com toda humildade dê graças a seu Criador pelos benefícios recebidos e ainda a receber.
Isto aconselhou São Paulo Apóstolo, aos Colossenses, no capítulo quarto de sua epístola, dizendo: “Perseverando na oração, velando nela com ação de graças”.
Não há nada que torne o homem tão digno das dádivas divinas como o contínuo agradecimento pelos dons recebidos. Por isso escreve Santo Agostinho a Aurélio: “Que de melhor poderíamos sentir no coração, manifestar com palavras e exprimir com a pena do que Deo gratias (graças a Deus)”.

domingo, 8 de novembro de 2015

VOCÊ TEM ZELO PELA ORAÇÃO?–Parte I

Aqui, bons motivos para ter!



A quem deseja ardentemente tornar-se perfeito…
É sumamente necessário que exerça o seu espírito no zelo contínuo da oração e devoção, porque a pessoa indevota e tíbia, que não pratica assiduamente a oração, não somente é miserável e inútil, mas, diante de Deus, traz uma alma morta em um corpo vivo.
A virtude da oração é tão eficaz que só ela vence as tentações e armadilhas do inimigo maligno, que é o único a impedir o voo da alma ao céu. Não é de admirar sucumba muitas vezes miseravelmente às tentações quem não nutrir assiduamente o zelo da oração.
Por isso, diz Santo Isidoro: “A oração é o remédio para quem sente o fogo das tentações dos vícios: quantas vezes é tentado por algum vício, tantas vezes recorra à oração, porque a oração frequente rebate as impugnações dos vícios”.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

FOFOCA, MÁ-LÍNGUA, CALÚNIA, DETRAÇÃO, DIFAMAÇÃO, MEXERICO… O PERIGO DA MALEDICÊNCIA PARA AS ALMAS

São Francisco de Salles

A maledicência é a peste das conversas e palestras.

Oh! Quisera ter uma daquelas brasas do altar sagrado para purificar os homens de suas iniquidades, à imitação do Serafim que purificou a Isaías das suas, para torná-lo digno de pregar os ensinamentos de Deus. Certamente, se fosse possível tirar a maledicência do mundo,exterminar-se-ia uma boa parte dos pecados.

Por outro lado, ninguém pode entrar no Céu com os bens alheios. E entre os bens exteriores, a fama e a honra são os mais preciosos e os mais caros.

Três vidas temos nós diferentes: 1) a vida espiritual, que a graça divina nos confere; 2) a vida corporal, de que a alma é o princípio; 3) e a vida social, que repousa os seus fundamentos na
boa reputação
.

O pecado nos faz perder a primeira (a vida espiritual), a morte nos tira a segunda (a vida corporal) e a maledicência nos leva a terceira (a vida social).

A maledicência é uma espécie de assassínio e o maldizente torna-se réu de um tríplice homicídio espiritual: o primeiro e o segundo com respeito à sua alma e à alma da pessoa com quem se fala; e o terceiro com respeito à pessoa de quem se deturpa o bom nome.

DIA DE FINADOS–ORIGEM

A data é fixa e será sempre celebrada no dia 2 de novembro.

 

Dia de Finados

No dia 2 de novembro, feriado nacional, comemora-se em todo o Brasil o Dia de Finados, data em que os mortos são lembrados e homenageados. Na cultura brasileira, parentes visitam o túmulo dos mortos da família levando flores e acendendo velas; já os fiéis, também rezam em sua memória.

 

Origem

O costume de homenagear os falecidos remonta ao ano de 998, quando o abade francês São Odílio de “Cluny” decretou que todos os mosteiros de sua circunscrição orassem pelos mortos1, conhecidos ou desconhecidos, religiosos ou leigos. O decreto virou tradição, tornando-se cada vez mais popular, até que, no século XIII, o dia 2 de novembro foi escolhido como a data oficial da celebração2.

domingo, 1 de novembro de 2015

PURGATÓRIO, SEGUNDO SÃO JOÃO BOSCO

Ontem à noite, meus caros filhos, havia-me deitado e, não conseguindo adormecer logo, estava pensando na natureza e no modo de existir da alma; como ela era feita; de que modo poderia encontrar-se e falar na outra vida, estando separada do corpo; como faria para trasladar-se de um lugar a outro; como nos poderemos conhecer uns aos outros depois de mortos, não sendo senão puros espíritos. E quanto mais pensava nessas coisas, mais obscuro me parecia tal mistério.

Enquanto divagava por essas ideias e outras semelhantes, adormeci, e me pareceu que estava na estrada que conduz a … (e nomeou a cidade) e que caminhava naquela direção. Andei durante algum tempo, atravessei lugares para mim desconhecidos, até que, em certo momento, ouvi que alguém chamava pelo nome. Era a voz de uma pessoa parada na estrada.

- Vem comigo – disse – e poderás ver logo o que desejas!

RESPOSTAS DA BÍBLIA PARA CONSOLAR QUEM PERDEU UM ENTE QUERIDO

Para ler com a Bíblia em mãos, buscando esperança, conforto e paz diretamente na Palavra de Deus

Quando uma pessoa querida falece, somos invadidos por um sentimento de solidão e desconcerto. Ao pensar que algum dia vamos experimentar a morte, podemos também perder a paz.

HOMILÉTICA: SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS

Pe. Antonio Rivero L.C. Doutor em Teologia Espiritual, professor e diretor espiritual no seminário diocesano Maria Mater Ecclesiae de São Paulo (Brasil)

COMENTÁRIO À LITURGIA DOMINICAL

SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS

Ciclo B

Textos: Ap 7, 2-4.9-14; 1Jo 3, 1-3; Mt 5, 1-12a

Ideia principal: Todos estamos chamados a ser santos por ser batizados.

Síntese da mensagem: Hoje celebramos toda essa multidão inumerável de pessoas, irmãos nossos, que já gozam de Deus e continuam em comunhão conosco desde o céu. É uma festa que nos enche de alegria e otimismo: se eles puderam ser santos, por que nós não? Qual foi o segredo da sua santidade?

DIA DE TODOS OS SANTOS

 

O Dia de Todos os Santos é uma data comemorativa para celebrar e homenagear todos os santos e mártires que existem. Cada país tem sua forma própria de passar este dia. Em Portugal, por exemplo, as crianças batem de porta em porta pedindo por romãs, frutas secas ou bolinhos.

Segundo os ensinamentos passados pela Igreja, esta data possui a intenção de ressaltar o chamamento de Cristo e mostrar que todas as pessoas devem viver de acordo com as leis Dele, de forma correta e santa.

O Dia de Todos os Santos é comemorado em 1º de novembro em diversos países ao redor do mundo.

Fonte: Calendáriobr

DESEJO À VOCÊ!

Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém ...